Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR
PELOTAS Notícia da edição impressa de 06/11/2019. Alterada em 06/11 às 03h00min

Projeto tira crianças do sedentarismo através do esporte

Iniciativa reúne jovens de oito a 14 anos no Ginásio Municipal e mira a redução dos índices de obesidade

Iniciativa reúne jovens de oito a 14 anos no Ginásio Municipal e mira a redução dos índices de obesidade


/MICHEL CORVELLO/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Com a evolução da tecnologia, as novas gerações se diferenciam das antigas por nascerem e crescerem já imersas no universo das telas de televisores, celulares e computadores, o que pode trazer consequências para o desenvolvimento infantil, entre elas, o sedentarismo e, com ele, o sobrepeso e a obesidade. Pensando em combatê-las por meio da filosofia do movimento, a prefeitura criou o 'Gurizada Vida Ativa', projeto que, em pouco mais de um ano e meio, apresenta resultados significativos que atestam como os exercícios físicos podem dar mais qualidade de vida e transformar realidades.

A mudança se refere à rotina de crianças e adolescentes pelotenses, entre 8 e 14 anos, de todas as regiões da cidade, que se reúnem duas vezes por semana para as atividades gratuitas. No núcleo do Ginásio Municipal, dos 25 participantes da iniciativa, 100% reduziram percentual de gordura, aumentaram aptidão física e melhoraram a condição cardiorrespiratória. Destes, 40% passaram a outras práticas esportivas oferecidas pelo espaço, como futsal. Os ganhos não se restringem somente à parte física dos participantes, mas à mudança de comportamento, que deve acompanhá-los ao longo da juventude e da vida adulta.

"Alguns pensam que se trata do emagrecimento ou da estética, mas não é isso. Focamos no bem-estar e na saúde destas crianças. Percebemos que elas começam a brincar mais - algumas aprendem porque não estavam acostumadas a isso -, interagem melhor com os colegas e passam a integrar os times de esportes onde estudam", conta a idealizadora do projeto, Kátia Berni, salientando que a vida ativa é a melhor resposta ao sedentarismo.

Em alguns casos, os alunos chegavam ao projeto sem aptidões básicas, como correr, saltar, rolar, acrescenta Kátia. Com o projeto, adquiriram estas habilidades e souberem transportá-las para as rotinas em casa e nas escolas. "Me sinto com muito mais energia e isso melhorou a minha saúde. Gosto daqui porque me faz bem e os professores são muito legais", diz Henrique, um dos alunos incluídos na iniciativa.

A mãe de Henrique, Fabiane Domingues, resume os efeitos do projeto na vida do filho dizendo que "agora ele é uma outra criança". Ela afirma que o menino, quando entrou no "Gurizada", em abril de 2018, estava acima do peso e sem ânimo para as atividades do dia a dia - realidade que mudou com o tempo. "Além de ter emagrecido e crescido bastante, ele também tem mais disposição e até começou a melhorar na escola", comenta Fabiane.

Uma recente parceria com a Universidade Federal de Pelotas (UFPel) garantiu que o projeto chegasse ao Dunas, no Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU). A atividade nasceu do estudo da mestranda da Escola Superior de Educação Física, Lorena Silva, que avaliou 554 crianças, entre 8 e 13 anos, das escolas municipais Núcleo Habitacional Dunas e Deogar Soares. Foram considerados, além de peso e altura, indicadores de flexibilidade e resistência cardiovascular. Dos alunos monitorados, 31,9% foram identificados com excesso de peso. A partir disso, alguns foram encaminhados a projetos esportivos da universidade e outros passaram a frequentar o núcleo no CEU, desde julho. O grupo tímido do início foi crescendo e se entusiasmando com as atividades. Atualmente, cerca de 35 participam das aulas duas vezes por semana.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300