Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR
NOVA PETRÓPOLIS Notícia da edição impressa de 09/09/2019. Alterada em 11/09 às 03h00min

Videomonitoramento passará por aperfeiçoamento no município

Novo contrato assinado pela prefeitura prevê 20 novas câmeras e implementação de cercamento eletrônico

Novo contrato assinado pela prefeitura prevê 20 novas câmeras e implementação de cercamento eletrônico


/MARCELO MOURA/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Nova Petrópolis consolidou um importante avanço na área da segurança pública com a ampliação de seu sistema de videomonitoramento, em funcionamento desde 2015. O município, além de renovar o convênio com a secretaria estadual de Segurança Pública e a interveniência da Brigada Militar, que permite a operação do videomonitoramento por mais cinco anos, também firmou um contrato que permitirá a implementação do cercamento eletrônico. Com a melhoria, o município passará a ter 37 câmeras operando e serão sete os pontos estratégicos onde elas serão colocadas.

Como os serviços serão contratados por meio do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Rio Taquari, os custos para a locação dos equipamentos junto serão reduzidos, o que representa uma economia para os cofres públicos. O valor total do contrato com a empresa responsável é de R$ 605.289,24, montante que será pago em parcelas mensais ao longo de três anos, período de duração do contrato, que pode ser renovado por mais um ano. O Executivo investia R$ 9.928,26 mensais para manter em funcionamento o atual sistema, que consiste na locação e manutenção de seis câmeras e da aparelhagem de operação e armazenamento de imagens, instalada na sede da Brigada Militar, responsável por operar o sistema. Também ficou acordado que, ao final do contrato, todos os equipamentos locados serão cedidos integralmente ao município e serão incorporados ao patrimônio público, sem qualquer tipo de ônus para a prefeitura de Nova Petrópolis.

Os seis pontos de videomonitoramento existentes em Nova Petrópolis serão aprimorados. Ao todo, 20 novas câmeras fixas serão distribuídas e instaladas. Os novos equipamentos, além de aumentarem a eficácia do monitoramento existente nessas áreas, também formarão três pontos de coleta, nomenclatura utilizada para definir os locais que formam o cercamento eletrônico. As câmeras destes pontos possuem tecnologia para fotografar, em alta resolução, as placas dos veículos que transitam nas vias. Softwares analisam as imagens, fazem o reconhecimento da placa e enviam, em tempo real, essas informações para o Sistema ONE (Operador Nacional dos Estados) que, por sua vez, submete a placa analisada à base de dados do Detran. Uma vez constatado que se trata de um veículo irregular, o sistema enviará um alerta para as Salas de Comando e Controle mais próximas, para que estas tomem as providências possíveis.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300