Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR
SÃO BORJA Alterada em 09/09 às 03h00min

Semana Farroupilha deve gerar R$ 3 milhões em vendas

Lojas que comercializam indumentárias gaúchas costumam registrar recordes durante esta época do ano

Lojas que comercializam indumentárias gaúchas costumam registrar recordes durante esta época do ano


/EDUARDO SEIDL/ARQUIVO/cidades

A tradição de São Borja de ser a Capital Gaúcha do Fandango deve incrementar a economia do município neste mês. Em diversos segmentos, a cadeia de produtos e serviços é diretamente beneficiada pelo aumento nas vendas. Um bom exemplo é o segmento de vestuário, em que as lojas de indumentárias gaúchas, já a partir de março, tem um aumento significativo nas vendas. 

As lojas informam que este mês é o de recorde de vendas, tanto de pilchas para peões e prendas como arreios para o "pingo". "O incremento, neste mês, chega a 500% em relação àqueles de demanda mais fraca", afirma Vanessa Monteiro, gerente da loja 7 Povos Tchê. Outra constatação é que o Dia dos Pais, em agosto, vendeu produtos gaúchos acima da média, sendo que os presentes já tiveram como motivação o Mês Farroupilha.  Outro destaque são os bailes gaúchos, que movimentarão cerca de R$ 3 milhões na economia do município. Ao todo serão 94 fandangos, na cidade e no interior.

O setor de alimentos e bebidas também registra crescimento, pois, como o município é produtor de gado, é natural que boa parte da carne para o tradicional churrasco venha diretamente das propriedades rurais. Os supermercados da cidade destacam que ampliam suas vendas, não só de carnes para o churrasco ou de charque para o carreteiro, mas também de outros itens de alimentação, como, por exemplo, linguiça, pão e hortifrutigranjeiros.

A estimativa entre as lojas de supermercados é de que o incremento nas vendas, em função dos festejos farroupilhas, fique entre 10% e 15%. As bebidas, de modo geral, igualmente registram demanda aquecida. "Pela tradição de São Borja, este mês de setembro supera o período de final de ano e do Carnaval em relação à venda de bebidas", observou um dos gerentes consultados.

Entre as revendas de bebidas, o ambiente também é de comemoração. "Para o nosso segmento, setembro é o mês de melhores vendas do ano", avaliam gerentes. A principal saída é de cervejas, destilados, água e refrigerantes. A expectativa é que, na edição deste ano, em função do Mês Farroupilha, a venda de bebidas em São Borja também cresça de 10% a 15% na comparação com igual período do ano passado.

O setor hoteleiro tem grande alta e recebe turistas da região, de cidades como Santiago e Santo Ângelo, mas também de locais como Foz do Iguaçu, Paraná, São Paulo e até mesmo dos países mais próximos, como a Argentina. Os hotéis dizem que, para este ano, a expectativa é muito boa, por causa dos eventos nos CTGs e do Festival Ronda de São Pedro. Eles esperam um bom movimento, pois já estão sendo realizadas reservas, e, além disso, os estabelecimentos hoteleiros negociam preços especiais para este período.

Os bailes da Semana Farroupilha terão início no dia 13 de setembro. Somente nas quatro principais entidades tradicionalistas (CTG Tropilha Crioula, PTG João Manoel, CN Boitatá e CFTG Farroupilha) estão programadas 30 noites de festa. O público também tem como opção outros 11 piquetes menores, mas com bailes igualmente animados. "Já tem hotel com lotação esgotada na Semana Farroupilha. Estamos esperando um incremento na ordem de R$ 3 milhões no comércio local por causa das atividades de 20 de setembro", afirma o prefeito Eduardo Bonotto.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300