Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR
SANTA CLARA DO SUL 14/08/2019 - 03h36min. Alterada em 14/08 às 03h00min

Santa Flor pretende exaltar potencialidades da região

Rainha Eduarda Uebel (centro) e princesas Estéfani Walter e Jenifer Ruschel fazem parte da corte do evento

Rainha Eduarda Uebel (centro) e princesas Estéfani Walter e Jenifer Ruschel fazem parte da corte do evento


/FREDERICO SEHN/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Com destaque à inovação, à sustentabilidade e à alimentação saudável, foi lançada de forma oficial a Santa Flor 2019. A solenidade foi realizada no Salão Paroquial e contou com a presença de autoridades, expositores e imprensa. O evento ocorrerá de 19 a 22 de setembro, no ginásio municipal e no campo do Santa Clara FC.

A primeira atração da noite foi a apresentação dos vestidos oficiais das soberanas do município - a rainha Eduarda Uebel e as princesas Estéfani Bald Walter e Jenifer Ruschel - que foram confeccionados a partir de uma inspiração nas flores e jardins de Santa Clara do Sul e na expansão da agroecologia, que hoje faz parte do desenvolvimento econômico da cidade. Presidente da Santa Flor 2019, Patrícia Herrmann apresentou a programação do evento. Entre os destaques deste ano estão show nacional com a Família Lima, gastronomia orgânica, salão da sustentabilidade, pub com cervejas artesanais e orgânicas, além de entretenimento para toda a família. "A feira também proporcionará muitas oportunidades de negócios, sobretudo no setor da agroecologia", mencionou.

O prefeito Paulo Kohlrausch adiantou que a quarta edição da Santa Flor terá três objetivos principais. O primeiro deles voltado à divulgação das potencialidades locais e à realização de negócios. O segundo propósito é atrair investimentos nos setores definidos como prioritários para o município, que são a gastronomia, o turismo e as agroindústrias focadas no beneficiamento de produtos orgânicos. "E o terceiro foco é posicionar Santa Clara do Sul como referência em agroecologia e fortalecer a nossa consciência em busca da sustentabilidade", frisou.

Segundo o prefeito, a feira deste ano tem como diferencial a realização de seminários, oficinas e palestras para debater a produção orgânica e a sustentabilidade. "Esses temas estão alinhados com os programas municipais Santa Clara Mais Saudável e Santa Clara Tem Valor, que possuem na sua essência a inovação, a qual tem sido o eixo do governo municipal", enfatizou, fazendo uma menção especial aos produtores de flores e de alimentos orgânicos do município, que são o motivo principal da realização da Santa Flor.

Outra inovação em relação às edições anteriores é a constituição de uma curadoria externa formada pela presidente do Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat), Cíntia Agostini; pela gerente regional do Sebrae Lajeado, Liane Klein; e pela gerente do Escritório de Relações com o Mercado da Univates e mestre em Sistemas Ambientais Sustentáveis, Cristiani Reimers. A curadoria tem como propósito colaborar na realização do evento e torná-lo relevante para toda região.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Santa Clara do Sul (Acisc), Cassiano Horst, ressaltou que a feira consolidará a coragem e a criatividade mútua entre a gestão pública e a comunidade. "Será um evento para celebrar os resultados dos programas Santa Clara Tem Valor e Santa Clara Mais Saudável e, dessa forma, colher os frutos, que desta vez serão orgânicos e mais valorizados", salientou.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300