Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR
RIO GRANDE 08/08/2019 - 03h26min. Alterada em 08/08 às 03h00min

Pneus usados se transformam em brinquedos para as crianças

Motocicletas, pulas-pulas e gangorras são criadas com a utilização do material e levadas para escolas infantis

Motocicletas, pulas-pulas e gangorras são criadas com a utilização do material e levadas para escolas infantis


/MARCOS JATAHY/DIVULGAÇÃO/CIDADES

Perto de completar dois anos de existência, o projeto Reutilizar vem se consolidando e se tornando referência na confecção de brinquedos a partir de materiais recicláveis, principalmente pneus, que iriam para o descarte. O projeto foi apresentando oficialmente na Feira de Artesanato, Comércio, Indústria e Serviços do Rio Grande (40ª Fearg) do ano passado, durante o lançamento do programa da administração municipal "Rio Grande ComVida", que visa à valorização das pessoas, à proteção e à qualidade de vida, junto ao desenvolvimento humano e à sustentabilidade socioambiental. Na edição deste ano da feira, os brinquedos estavam mais uma vez entre as atrações do estande da prefeitura e fizeram sucesso entre crianças e adultos.

A iniciativa do projeto surgiu na secretaria de Controle e Serviços Urbanos, e a intenção é promover a reflexão sobre a temática ambiental, a partir de peças construídas com materiais descartados e reaproveitados pelo município. Entre os brinquedos produzidos estão motocicletas, pulas-pulas e gangorras, que agora têm como destino as áreas de lazer das escolas infantis da rede municipal de ensino de Rio Grande e alguns espaços públicos da cidade.

O secretário de Controle e Serviços Urbanos do município, Dirceu Lopes, conta que a ideia do projeto nasceu a partir da observação da quantidade de pneus descartados indevidamente pelas vias do município, recolhidos pelas equipes de trabalho. Ele conta que são retirados das vias, por ano, cerca de 2,5 mil pneus e que parte vai para o projeto. "Um parte vai para o projeto e outra a prefeitura, através de parcerias, entrega para instituições que também fazem o reuso desse material", explica Lopes. Ele também explica que a produção dos brinquedos agora está voltada a uma ação transversal com a secretaria de Educação, com a destinação de 10 peças para cada uma das 17 escolas de educação infantil do município.

Quatro funcionários trabalham em uma oficina da prefeitura no processo de montagem dos brinquedos, que é detalhado e leva, em média, dois dias para a produção de cada unidade. O gerente de manutenção da secretaria, Jeferson Graebin, explica que quando o secretário da pasta levou a ideia do projeto para os funcionários, eles pesquisaram sobre iniciativas semelhantes e levaram em consideração as funcionalidades do brinquedo, sua usabilidade, o tempo de execução e os materiais de que dispunham na oficina para trabalhar no projeto. O servidor também conta que o trabalho é engrandecedor e que o esforço é recompensado sempre que encontram alguma criança fazendo uso dos brinquedos. "Nossa maior recompensa é vê-las utilizando, interagindo com as peças", afirma. Depois de montadas as peças recebem pintura temática do artista rio-grandino Gui Gerundo.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300