Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR
TAVARES Notícia da edição impressa de 10/07/2019. Alterada em 10/07 às 03h00min

Município terá evento para falar sobre cultura afro

O município de Tavares sedia, entre quarta e sábado, uma das mais significativas manifestações culturais do Estado. A Embaixada - No Ensaio de Pagamento de Promessa Quicumbi, promovida pela Irmandade Nossa Senhora do Rosário de Tavares, pela primeira vez apesentada com a produção de um documentário em média metragem. As filmagens ocorrerão em paralelo à realização do evento, que irá ocorrer no CTG Galpão dos Carreteiros, às 20h. O projeto é cercado de uma diversa programação, que inclui palestras e oficinas de aprendizado sobre a cultura Quicumbi, com entrada franca. 

 O auto do Ensaio de Pagamento de Promessas de Quicumbi, com foco na Embaixada, momento de rara inspiração e teatralidade que ocorre na parte central do desenvolvimento da celebração, é realizado há mais de 250 anos e demanda muitos dias de preparação por parte dos cantantes, dançantes e tamboreiros da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário, até seu acontecimento, propriamente dito. Com duração de doze horas, o Ensaio - uma das mais importantes manifestações da cultura negra e por afinidade histórica também açoriana, se realiza na cidade de Tavares e Mostardas.

 Com o compromisso de manter viva e perene a cultura afro-açoriana, as filmagens, além do Ensaio e Embaixada conterão entrevistas com anciãos da irmandade e peculiaridades musicais. Ainda, a religiosidade estará presente representada pelo simbolismo do sagrado Feijão Sopinha, trazido da África na carapinha das negras escravizadas e redescoberto nas pesquisas de Luiz Agnelo Chaves Martins. Para proporcionar o empoderamento das comunidades sobre um bem de tão grande importância e sua multiplicação, serão realizadas duas apresentações da Irmandade e duas palestras sobre o tema. 

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300