Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR
SANTA MARIA 11/07/2019 - 03h28min. Alterada em 11/07 às 03h00min

Comitê vai planejar e executar ações no município para diminuir acidentes de trânsito

Intenção é mobilizar a região e reduzir gastos do SUS com acidentados

Intenção é mobilizar a região e reduzir gastos do SUS com acidentados


/IVO GONÇALVES/PMPA/CIDADES

Em reunião realizada na semana passada, membros da prefeitura de Santa Maria estiveram reunidos com representantes de instituições governamentais e da sociedade civil que irão compor o comitê intersetorial do projeto Vida no Trânsito. Conduzido pelo secretário de Mobilidade Urbana, Orion Ponsi, o encontro contou com a participação do vice-prefeito Sergio Cechin e foi realizado no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat), no bairro Nossa Senhora de Lourdes.

Como o planejamento e a execução das ações do projeto ocorrerão em conjunto com órgãos de segurança, trânsito e saúde, essas organizações indicaram, durante a reunião, os nomes de integrantes titulares e suplentes para o comitê, mas alguns nomes ainda poderão ser apresentados nesta semana. Após o término das indicações, o documento será encaminhado para o Executivo Municipal.

O secretário Ponsi lembrou que são fundamentais as parcerias institucionais para incrementar os serviços de fiscalização de trânsito e para a prevenção de acidentes em Santa Maria e região. Ele também apresentou dados, com base na Conferência Mundial de Trânsito de 2015, que ocorreu no Brasil e tem como meta o trânsito como elemento de desenvolvimento sustentável. Pelas informações, a frota individual brasileira está em torno de 100 milhões de veículos, o que resulta na média de um veículo para cada dois habitantes.

As estatísticas de trânsito também apontam cerca de 40 mil mortes e 220 mil acidentados no Brasil ao ano, o que gera um impacto financeiro no Sistema Único de Saúde (SUS) nacional em torno de R$ 252 milhões. Esse valor representa R$ 1 milhão por acidente. A partir desses números, o secretário reafirmou a importância do projeto para Santa Maria e região. "Participar desta iniciativa é fundamental para a nossa sociedade. Os esforços podem salvar vidas e representar a vida de nossos amigos ou de familiares", argumentou Ponsi.

A coordenadora do Programa de Segurança e Educação para o Trânsito, Roseli Silveira, destacou que, com a instituição do comitê intersetorial, o projeto Vida no Trânsito irá trabalhar com base científica de informações e perfil epidemiológico qualificado. Com os dados integrados, será possível o planejamento de ações efetivas, que irão incentivar a mudança na cultura de segurança no trânsito.

Entre os órgãos integrantes da iniciativa, estão a Coordenadoria de Trânsito e Mobilidade Urbana (Ctmu), a Brigada Militar (BM), a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), Exército e secretarias municipal e estaduais. A ideia é mobilizar todos os órgãos em ações de conscientização e fiscalização tanto na cidade quanto nas rodovias estaduais e federais.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300