Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR
SÃO BORJA Notícia da edição impressa de 24/06/2019. Alterada em 25/06 às 03h00min

Índice de ausência em exames chega a 40% no município

O secretário da Saúde, José Luiz Rodrigues Machado, trouxe algumas informações referentes ao número de pessoas que faltam aos exames laboratoriais e também aquelas que chegam a realizar o procedimentos, mas não retiram o resultado. O secretário diz estar preocupado depois de avaliar o levantamento feito pelo Laboratório Municipal de Fronteira. A unidade realiza em torno de 20 a 30 exames diários e conforme o relatório em média cinco a seis pessoas marcam os exames e não comparecem na data prevista e, na mesma proporção, alguns pacientes realizam o procedimento e não retiram seus exames.

 O levantamento mostra que foram realizados 1050 exames em abril e em maio 1151. Somando as faltas e os pacientes que não foram buscar o resultado chega-se ao percentual de 40% de exames não utilizados. A equipe do laboratório revela que muitos pacientes são procurados por contato telefônico, no entanto alguns não atendem ou se atendem não retornam para retirar e esses exames ficam arquivados e com o tempo perdem a validade.

 O prefeito Eduardo Bonotto, ao ter conhecimento do fato, explicou que essas faltas precisam ser diminuídas e pediu a colaboração da comunidade. "As pessoas não podem faltar ou deixar de retirar seus exames, pois o profissional da ESF (médico e enfermeiro) necessita dessas informações para adequar e tornar eficiente o tratamento de cada paciente", afirmou.

 O secretário de Saúde lembra que a comunidade pode buscar o reagendamento com antecedência dos exames a fim de que a fila não pare e outras pessoas também venham a ser atendidas. Outro pedido é para que a população quando realizar a coleta se informe sobre a data de retirada para que dê continuidade no tratamento.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300