COMENTAR | CORRIGIR
Notícia da edição impressa de 12/04/2019. Alterada em 15/04 às 03h00min

ESTADO: Frente parlamentar recolhe assinaturas e tenta agilizar processo de desburocratização na duplicação da RSC-287

Foi instalada a Frente Parlamentar em Defesa da Duplicação da
RSC-287. A proposição e a presidência do órgão é do deputado Valdeci Oliveira. O parlamentar lembrou que a ideia de criação da Frente Parlamentar surgiu na eleição passada, com a mobilização do Movimento Duplica 287, que recolheu assinaturas dos candidatos em defesa da demanda. "Ninguém questiona a importância e a necessidade de duplicação, especialmente para preservar vidas", declarou.

Ele saudou a iniciativa do governo do Estado de dialogar com a sociedade por meio da consulta pública sobre o processo de concessão da RSC-287. Lembrou ainda que a duplicação da rodovia será tema de três audiências públicas aprovadas na Comissão de Assuntos Municipais da AL, que ocorrem em Santa Maria (29 de abril), Santa Cruz do Sul (13 de maio) e Venâncio Aires (data a confirmar).

O governo do Estado anunciou, em 25 de março, o programa RS Parcerias, incluindo a concessão da RSC-287 entre os quatro primeiros projetos. A ideia é que a concessão da rodovia, entre Tabaí e Santa Maria, numa extensão de 204,51 quilômetros, dure 30 anos. O investimento privado previsto é de
R$ 2,277 bilhões para melhorias viárias, manutenção e duplicação.

As obras previstas incluem a duplicação dos trechos urbanos em até cinco anos e duplicação total da rodovia em 11 anos. Haverá cinco praças de pedágios ao longo do trecho: em Tabaí (km 47), em Venâncio Aires (km 86 - já existente), em Candelária (km 131 - já existente), em Paraíso do Sul (km 177) e em Santa Maria (km 214). Nas duas praças atuais, gerenciadas pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), o valor do pedágio é de R$ 7,00. Com a concessão, a tarifa máxima estimada por praça será de R$ 5,93.

O representante do Duplica 287, Lucas Rubinger explicou que o movimento surgiu da união de entidades da Região Central e relatou a coleta de assinaturas dos candidatos em favor do pleito nas últimas eleições. Para ele, a consulta pública lançada pelo governo do Estado na semana passada renovou a esperança que as obras se efetivem. Seu desejo é que o deputados ajudem a desburocratizar o processo de concessão, que deve duplicar a rodovia em 11 anos.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300