COMENTAR | CORRIGIR
Notícia da edição impressa de 11/10/2018. Alterada em 11/10 às 01h00min

CANOAS: Exposição mostra cicatrizes de mulheres que lutam contra o câncer de mama

Diagnosticada em 2017 com câncer de mama, Ana Marli Ventura, de 63 anos, encontra forças na família, nos amigos e na Liga Feminina de Combate ao Câncer de Canoas para prosseguir com o tratamento e continuar levando uma vida alegre. "O processo é muito dolorido. Depois da cirurgia, que fiz em junho do ano passado, passei por quimioterapia e, atualmente, faço radioterapia. Tive que raspar o cabelo, sinto que sofro preconceito de algumas pessoas da sociedade e minha autoestima acabou sendo abalada com tudo isso. Mesmo assim, sempre mantive um sorriso no rosto e a certeza de que tudo dará certo ao final", emociona-se.

Ana descobriu um nódulo no seio no autoexame e, após consulta médica, o câncer invasivo foi diagnosticado. "É por isso que chamo a atenção para que as mulheres se toquem e façam o exame de mama, pois quanto antes a doença for diagnosticada, menos dolorido será o processo", ressalta. Para chamar a atenção das mulheres em relação à importância da prevenção do câncer de mama, Ana faz parte da exposição fotográfica Cicatrizes em Evidência, que mostra a superação e a luta das mulheres que convivem com a doença.

A exposição, que integra o Outubro Rosa, conta com fotografias de nove mulheres e está exposta no saguão da prefeitura com o objetivo de chamar a atenção para a prevenção do câncer de mama, principalmente en mulheres abaixo dos 40 anos. A mostra foi aberta na manhã da última segunda-feira pela presidente da Liga, Zilma Biazus; pelo prefeito Luiz Carlos Busato; e pela vice-prefeita Gisele Uequed. "Reforço meu compromisso com a causa e coloco a administração à disposição para dialogarmos mais com a Liga, pois o trabalho realizado é essencial para os canoenses", comenta Busato. Já Gisele ressaltou a coragem das mulheres que integram a exposição: "Parabenizo a força e a coragem dessas mulheres, isso demonstra que encaramos os desafios com a cabeça erguida. E as fotografias expressam esse belo exemplo de luta e perseverança".

O Outubro Rosa ainda conta com diversas atividades durante todo o mês, como palestras, exposições, roda de conversa e uma caminhada de conscientização. As atividades são de iniciativa ou contam com o apoio da Diretoria de Políticas para as Mulheres. De acordo com a diretora da pasta, Ana Moraes, a campanha visa alertar mulheres e homens sobre o câncer de mama, bem como, da importância do diagnóstico e do tratamento precoce da doença. "A campanha do Outubro Rosa vem ganhando a cada ano mais força em nossa sociedade, isso porque as pessoas estão reconhecendo a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, por isso, queremos mobilizar toda a população canoense em prol da saúde das mulheres", destaca Ana.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Av. João Pessoa, 1282 - Farroupilha
Porto Alegre - RS - CEP 90040-001
Fone (51) 3213.1300