Porto Alegre, sexta-feira, 13 de maio de 2022.
Porto Alegre,
sexta-feira, 13 de maio de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Relações Internacionais

- Publicada em 13/05/2022 às 12h12min.

União Europeia expressa otimismo de que acordo nuclear com Irã pode ser alcançado

Alto representante da UE para política externa, Josep Borrell disse estar "esperançoso"

Alto representante da UE para política externa, Josep Borrell disse estar "esperançoso"


KENZO TRIBOUILLARD/AFP/JC
O alto representante da União Europeia (UE) para política externa, Josep Borrell, afirmou nesta sexta-feira (13), estar esperançoso de que as negociações sobre o programa nuclear do Irã, atualmente em impasse, poderão chegar a um acordo. As discussões são dificultadas pela exigência de que os Estados Unidos retirem a designação do Guarda Revolucionária iraniana como uma organização terrorista paramilitar.
O alto representante da União Europeia (UE) para política externa, Josep Borrell, afirmou nesta sexta-feira (13), estar esperançoso de que as negociações sobre o programa nuclear do Irã, atualmente em impasse, poderão chegar a um acordo. As discussões são dificultadas pela exigência de que os Estados Unidos retirem a designação do Guarda Revolucionária iraniana como uma organização terrorista paramilitar.
Antes de reunião do G-7 na Alemanha, Borrell disse que um enviado da UE visitou Teerã esta semana para conversas que "foram melhores que o esperado". "Esse tipo de coisa não pode ser resolvido da noite para o dia, mas digamos que o as negociações haviam sido bloqueadas e agora foram desbloqueadas", acrescentou. "O que significa que há perspectiva de chegar a um acordo", comentou.
O ministro das Relações Exteriores do Irã, Hossein Amir Abdollahian, ecoou a avaliação de Borrell, dizendo no Twitter que as discussões entre o enviado da UE e o negociador iraniano "foram mais uma oportunidade de focar em iniciativas para resolver questões restantes".
O enviado da UE, Enrique Mora, afirmou, nesta sexta-feira, que foi brevemente detido com colegas no aeroporto de Frankfurt enquanto transitava de Teerã para Bruxelas, em violação das regras diplomáticas Mora disse que não recebeu "nenhuma explicação" das autoridades alemãs por que ele foi detido.
Agência Estado
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO