Porto Alegre, terça-feira, 05 de outubro de 2021.
Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa. Feriado nos estados do Amapá, Roraima e Tocantins.
Porto Alegre,
terça-feira, 05 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Coronavírus

- Publicada em 05/10/2021 às 17h07min.

Coronavírus: UE aprova uso de 3ª dose de vacina da Moderna a imunodeficientes

Estudos têm mostrado os benefícios de uma 3ª dose em pessoas com sistemas imunológicos comprometidos

Estudos têm mostrado os benefícios de uma 3ª dose em pessoas com sistemas imunológicos comprometidos


NORBERTO DUARTE/AFP/JC
A Moderna anunciou nesta terça-feira (5), em comunicado em seu site, que a Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) autorizou a administração de uma terceira dose da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica a pessoas imunodeficientes no território da União Europeia (UE).
A Moderna anunciou nesta terça-feira (5), em comunicado em seu site, que a Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) autorizou a administração de uma terceira dose da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica a pessoas imunodeficientes no território da União Europeia (UE).
De acordo com a empresa, a terceira dose deve ser administrada ao menos 28 dias após a segunda dose da vacina, de forma a reforçar a proteção em "indivíduos severamente imunocomprometidos de 12 anos ou mais".
Segundo a farmacêutica norte-americana, um "número crescente" de estudos têm mostrado os benefícios de uma terceira dose em pessoas com sistemas imunológicos que apresentam resposta menos robusta às vacinas.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO