Porto Alegre, quinta-feira, 09 de setembro de 2021.
Dia do Administrador e do Médico Veterinário.
Porto Alegre,
quinta-feira, 09 de setembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Coreia do Norte

- Publicada em 21h04min, 09/09/2021.

Coreia do Norte comemora aniversário em desfile com ditador calado e sem armas nucleares

Autoridades de saúde norte-coreanas 'estavam cheias de entusiasmo patriótico para exibir em todo o mundo as vantagens do sistema socialista'

Autoridades de saúde norte-coreanas 'estavam cheias de entusiasmo patriótico para exibir em todo o mundo as vantagens do sistema socialista'


KIM Won Jin/AFP/JC
A Coreia do Norte comemorou seu 73º aniversário com um desfile militar marcado pelo silêncio de Kim Jong-un e pela ausência de mísseis balísticos - característica frequente em outras celebrações semelhantes nos últimos anos.
A Coreia do Norte comemorou seu 73º aniversário com um desfile militar marcado pelo silêncio de Kim Jong-un e pela ausência de mísseis balísticos - característica frequente em outras celebrações semelhantes nos últimos anos.
As imagens divulgadas pela agência de notícias estatal KCNA nesta quinta-feira (9) mostram uma multidão de soldados perfeitamente enfileirados, carros militares, fogos de artifício e uma ala inteira de pessoas vestidas com trajes de proteção contra materiais tóxicos, como armas químicas e radiação.
A KCNA disse ainda que as autoridades de saúde norte-coreanas "estavam cheias de entusiasmo patriótico para exibir em todo o mundo as vantagens do sistema socialista, enquanto protegia firmemente a segurança do país e de seu povo contra a pandemia mundial".
A Coreia do Norte não confirmou oficialmente nenhum caso de Covid-19, mas fechou fronteiras e impôs medidas de prevenção rígidas.
Kim Jong-un compareceu ao evento e assistiu ao desfile das forças paramilitares e de segurança pública dos Trabalhadores Camponeses da Guarda Vermelha, a maior unidade de defesa civil do país. O contingente estimado em quase seis milhões de soldados foi uma força de reserva após a retirada das tropas chinesas que lutaram pelo Norte na Guerra da Coreia (1950-1953).
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário