Porto Alegre, quinta-feira, 09 de setembro de 2021.
Dia do Administrador e do Médico Veterinário.
Porto Alegre,
quinta-feira, 09 de setembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Coronavírus

- Publicada em 16h41min, 09/09/2021.

Japão prorroga emergência da Covid-19 até 30 de setembro

Premiê Yoshihide Suga disse que ação é necessária para escorar um sistema médico ainda pressionado por casos graves

Premiê Yoshihide Suga disse que ação é necessária para escorar um sistema médico ainda pressionado por casos graves


KIM KYUNG-HOON/AFP/JC
O Japão prorrogou nesta quinta-feira (9) as restrições de emergência da Covid-19 em Tóquio e em outras regiões até o final deste mês para conter as infecções e evitar que os hospitais fiquem sobrecarregados.
O Japão prorrogou nesta quinta-feira (9) as restrições de emergência da Covid-19 em Tóquio e em outras regiões até o final deste mês para conter as infecções e evitar que os hospitais fiquem sobrecarregados.
Ao anunciar a prorrogação, ratificada mais cedo por uma comissão de aconselhamento, o primeiro-ministro Yoshihide Suga disse que ela é necessária para escorar um sistema médico ainda pressionado por casos graves, embora as infecções novas estejam diminuindo e as vacinações aumentando.
"A inoculação de todos aqueles que desejam ser vacinados será finalizada em outubro ou novembro", disse Suga a repórteres. "E a partir de então, poderemos amenizar as restrições usando provas de vacinação ou resultados de exames."
O número de casos graves e a pressão sobre o sistema médico não diminuíram o suficiente em Tóquio e em áreas vizinhas para permitir que as restrições sejam suspensas. Agora as medidas vigorarão até 30 de setembro e incluirão Osaka, no oeste do país.
As restrições de emergência japonesas se concentram em pedir aos restaurantes que fechem cedo e evitem servir álcool. Os moradores estão sendo incentivados a trabalhar em casa tanto quanto possível e a não viajar.
Alguns sinais de melhoria no país levarão dois de 21 municípios a substituir as medidas do estado de emergência por restrições mais direcionadas, e vários outros municípios descartarão todas as restrições. "Acredito que estamos começando a ver resultados, mas ainda é cedo demais para abaixarmos a guarda", disse o ministro da Saúde, Norihisa Tamura.
O jornal Nikkei noticiou que o governo está inclinado a suavizar as restrições de entradas internacionais reduzindo os tempos de quarentena de viajantes vacinados. A medida foi pedida pelo Keidanren, o principal lobby comercial japonês, e por câmaras de comércio estrangeiras.
"Acolhemos qualquer proposta para reabrir as fronteiras do Japão às viagens de negócios como parte de uma abordagem científica à preservação da saúde pública", disse Christopher La Fleur, conselheiro especial da Câmara de Comércio Americana no Japão.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário