Porto Alegre, segunda-feira, 14 de junho de 2021.
Dia Mundial do Doador de Sangue.
Porto Alegre,
segunda-feira, 14 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Relações Internacionais

- Publicada em 18h47min, 14/06/2021.

Biden diz não querer conflito com a Rússia, mas responderá a 'ações danosas'

Otan defenderá a 'integridade territorial' da Ucrânia, disse Biden durante cúpula

Otan defenderá a 'integridade territorial' da Ucrânia, disse Biden durante cúpula


BRENDAN SMIALOWSKI/AFP/JC
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta segunda-feira (14), que "não quer conflito" com a Rússia, mas garantiu que seu país responderá, caso Moscou mantenha "ações danosas". Durante entrevista coletiva, ele disse que a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) defenderá a "integridade territorial" da Ucrânia, reafirmando seu apoio "à soberania" desse país.
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta segunda-feira (14), que "não quer conflito" com a Rússia, mas garantiu que seu país responderá, caso Moscou mantenha "ações danosas". Durante entrevista coletiva, ele disse que a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) defenderá a "integridade territorial" da Ucrânia, reafirmando seu apoio "à soberania" desse país.
Biden se reúne nesta semana com o presidente russo, Vladimir Putin. A Rússia ocupou a Crimeia e agora controla a península no sul ucraniano.
O presidente norte-americano disse que a cúpula da Otan realizada nesta segunda discutiu as "ameaças da Rússia". Ele disse que "deixará claro" a Putin que há áreas em que é possível cooperar, como já fez no passado, em questões de cibersegurança e "algumas outras atividades". Biden ainda afirmou que deixará claro o que ele considera os limites que não podem ser cruzados no comportamento russo.
Ainda na política externa, Biden afirmou estar confiante de que ainda será possível fazer "avanços reais" na relação com a Turquia. Ele disse ter tido conversas "positivas e produtivas" com o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.
Questionado se a Ucrânia poderia entrar na Otan, Biden disse que isso poderá ocorrer no futuro, mas que o país precisa antes atender a requisitos do grupo, como enfrentar a corrupção interna.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário