Porto Alegre, quinta-feira, 29 de abril de 2021.
Porto Alegre,
quinta-feira, 29 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Coronavírus

- Publicada em 17h00min, 29/04/2021.

AstraZeneca enfrenta dificuldades no pedido de aprovação de vacina nos EUA

Executivos da AstraZeneca esperam que um aval do FDA possa aumentar a confiança na vacina no restante do mundo

Executivos da AstraZeneca esperam que um aval do FDA possa aumentar a confiança na vacina no restante do mundo


JENS SCHLUETER/AFP/JC
Executivos da AstraZeneca enfrentam dificuldades para reunir todos os dados necessários para o pedido de aprovação nos Estados Unidos de sua vacina contra a Covid-19, segundo pessoas ligadas ao assunto, o que atrasa os esforços para garantir o aval do Food and Drug Administration (FDA, na sigla em inglês), o órgão regulador. No mês passado, a empresa informou que solicitaria o que é conhecido como autorização para uso emergencial de sua vacina até meados de abril.
Executivos da AstraZeneca enfrentam dificuldades para reunir todos os dados necessários para o pedido de aprovação nos Estados Unidos de sua vacina contra a Covid-19, segundo pessoas ligadas ao assunto, o que atrasa os esforços para garantir o aval do Food and Drug Administration (FDA, na sigla em inglês), o órgão regulador. No mês passado, a empresa informou que solicitaria o que é conhecido como autorização para uso emergencial de sua vacina até meados de abril.
Recentemente, a companhia informou autoridades nos EUA que ela pode precisar esperar até meados de maio para finalizar seu pedido de revisão no FDA, disse uma das fontes. Uma tarefa especialmente demorada tem sido compilar dados de quase quatro meses de vacinações no Reino Unido.
Autoridades dos EUA disseram publicamente terem tantas doses das vacinas já aprovadas que podem nem precisar do imunizante da AstraZeneca. Mas os executivos da empresa esperam que um aval do FDA possa aumentar a confiança na vacina no restante do mundo.
A empresa enfrenta problemas de produção na Europa e também algumas centenas de incidentes de formação de coágulos, raros mas sérios, entre pessoas que receberam sua vacina. Reguladores europeus e a empresa estudam esses casos, mas dizem que o risco da Covid-19 para os adultos, especialmente os idosos, é bem maior do que os trazidos por um eventual coágulo após a vacinação.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário