Porto Alegre, quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021.
Dia do WebDesigner.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Estados Unidos

- Publicada em 15h44min, 24/02/2021.

Governo dos EUA vai distribuir 25 milhões de máscaras a centros comunitários

Objetivo da distribuição é ajudar a reduzir a disseminação das novas variantes do coronavírus

Objetivo da distribuição é ajudar a reduzir a disseminação das novas variantes do coronavírus


CHANDAN KHANNA/AFP/JC
O coordenador da resposta da Casa Branca à pandemia, Jeff Zients, anunciou nesta quarta-feira (24) que o governo norte-americano enviará 25 milhões de máscaras a 1,3 mil centros comunitários dos Estados Unidos. O objetivo é reduzir a disseminação das novas variantes do coronavírus, que se espalham de forma mais rápida. "Usaremos todos os recursos disponíveis para combater a pandemia", afirmou Zients durante uma coletiva de imprensa.
O coordenador da resposta da Casa Branca à pandemia, Jeff Zients, anunciou nesta quarta-feira (24) que o governo norte-americano enviará 25 milhões de máscaras a 1,3 mil centros comunitários dos Estados Unidos. O objetivo é reduzir a disseminação das novas variantes do coronavírus, que se espalham de forma mais rápida. "Usaremos todos os recursos disponíveis para combater a pandemia", afirmou Zients durante uma coletiva de imprensa.
Ao iniciar o pronunciamento, o assessor lamentou as mais de 500 mil vidas de cidadãos norte-americanos perdidas desde o início da crise de saúde. De acordo com ele, o envio das máscaras aos centros comunitários começará em março. Desde de início de fevereiro, o uso de máscaras é obrigatório nos EUA.
Zients também informou que o governo aumentará a alocação de vacinas contra a Covid-19 para as farmácias. O número de doses semanais enviadas aos estabelecimentos subirá para 2,1 milhões.
A Diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), Rochelle Walensky, que também participou da coletiva, voltou a celebrar a melhora dos indicadores da pandemia. Ela, contudo, alertou para os riscos representados pelas novas variantes.
Segundo Rochelle, a média diária de novos casos de Covid-19 caiu 25% na semana passada, em relação aos sete dias anteriores. A média diária de mortes, por sua vez, recuou 35% em igual período e base comparativa.
Comentários CORRIGIR TEXTO