Porto Alegre, quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Coronavírus

- Publicada em 08h43min, 17/02/2021. Atualizada em 15h03min, 17/02/2021.

Pfizer e BioNTech vão fornecer à UE mais 200 milhões de doses de vacina

Pelo acordo anunciado nesta quarta-feira (17), 75 milhões de doses serão fornecidas ainda no segundo trimestre

Pelo acordo anunciado nesta quarta-feira (17), 75 milhões de doses serão fornecidas ainda no segundo trimestre


Liam McBurney/Pool/AFP/JC
A Pfizer e a BioNTech anunciaram nesta quarta-feira (17) que fecharam contrato com a União Europeia (UE) para fornecer ao bloco mais 200 milhões de doses de sua vacina contra a covid-19. Pelo acordo, as doses adicionais deverão ser entregues em 2021, sendo que 75 milhões de doses serão fornecidas no segundo trimestre, de acordo com comunicado das empresas.
A Pfizer e a BioNTech anunciaram nesta quarta-feira (17) que fecharam contrato com a União Europeia (UE) para fornecer ao bloco mais 200 milhões de doses de sua vacina contra a covid-19. Pelo acordo, as doses adicionais deverão ser entregues em 2021, sendo que 75 milhões de doses serão fornecidas no segundo trimestre, de acordo com comunicado das empresas.
A UE tem a opção de solicitar outras 100 milhões de doses da vacina da Pfizer/BioNTech, diz o comunicado. O novo contrato vem depois de um primeiro acordo para o fornecimento de 300 milhões de doses, assinado com a UE em 2020. Isso significa que a Pfizer/BioNTech deve fornecer ao menos 500 milhões de doses da vacina ao bloco até o fim deste ano, total que subirá para 600 milhões se a opção de doses adicionais for exercida.
Comentários CORRIGIR TEXTO