Porto Alegre, quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021.
Aniversário da Casa da Moeda do Brasil.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Argentina

- Publicada em 18h00min, 11/02/2021.

Inflação na Argentina tem alta anual de 38,5% em janeiro

A maior alta por setor ficou com comunicações, que registrou avanço de 15,1% ante dezembro

A maior alta por setor ficou com comunicações, que registrou avanço de 15,1% ante dezembro


JUAN MABROMATA/AFP/JC
O índice de preços ao consumidor da Argentina avançou 38,5% em janeiro, na comparação com igual mês do ano passado, e teve alta de 4% ante dezembro de 2020, mantendo a última variação mensal do índice, segundo informou nesta quinta-feira (11), o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec) do país.
O índice de preços ao consumidor da Argentina avançou 38,5% em janeiro, na comparação com igual mês do ano passado, e teve alta de 4% ante dezembro de 2020, mantendo a última variação mensal do índice, segundo informou nesta quinta-feira (11), o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec) do país.
A maior alta por setor ficou com comunicações, que registrou avanço de 15,1% ante dezembro. No mesmo período, a categoria de restaurantes e hotéis teve alta de 5,4%, seguido por alimentos e bebidas e recreação e cultura, ambos os setores com crescimento mensal de 4,8% nos preços.
Comentários CORRIGIR TEXTO