Porto Alegre, quinta-feira, 17 de dezembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 17 de dezembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Coronavírus

- Publicada em 22h45min, 17/12/2020.

Agência europeia marca reunião sobre liberação da vacina da Moderna para janeiro

Evolução do processo irá depender da 'robustez' dos dados fornecidos pela Moderna

Evolução do processo irá depender da 'robustez' dos dados fornecidos pela Moderna


CHANDAN KHANNA/AFP/JC
A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) marcou para 6 de janeiro uma reunião extraordinária para discutir a liberação da vacina contra Covid-19 produzida pela Moderna, de acordo com comunicado divulgado nesta quinta-feira (17). A evolução do processo irá depender da "robustez" dos dados fornecidos pela fabricante, segundo o regulador.
A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) marcou para 6 de janeiro uma reunião extraordinária para discutir a liberação da vacina contra Covid-19 produzida pela Moderna, de acordo com comunicado divulgado nesta quinta-feira (17). A evolução do processo irá depender da "robustez" dos dados fornecidos pela fabricante, segundo o regulador.
Uma outra reunião, já marcada para o dia 12, poderá ser mantida em caso de necessidade. A aprovação pela EMA representa uma liberação a todos os 27 estados membros da União Europeia (UE).
 
A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, saudou a decisão, indicando que está havendo "progresso na segurança das vacinas", em mensagem no Twitter. A dirigente lembrou que a reunião será a segunda opinião científica da EMA sobre o tema, depois da avaliação do imunizante produzido pela Pfizer em parceria com a Moderna, marcada para a semana que vem.
Comentários CORRIGIR TEXTO