Porto Alegre, terça-feira, 08 de dezembro de 2020.
Dia da Família.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 08 de dezembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Reino Unido

- Publicada em 09h55min, 08/12/2020. Atualizada em 14h48min, 08/12/2020.

Boris Johnson diz que situação das negociações do Brexit é 'muito complicada'

'Tenho que ser honesto, a situação no momento é muito complicada', declarou

'Tenho que ser honesto, a situação no momento é muito complicada', declarou


EDDIE MULHOLLAND/AFP/JC
O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou nesta terça-feira (8) que a situação das negociações com a União Europeia para um acordo comercial pós-Brexit é "muito complicada", mas que a "esperança é eterna".
O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou nesta terça-feira (8) que a situação das negociações com a União Europeia para um acordo comercial pós-Brexit é "muito complicada", mas que a "esperança é eterna".
"Estou sempre esperançoso, mas tenho que ser honesto com você, a situação no momento é muito complicada", declarou o líder à BBC. Na segunda-feira (7), o premiê conversou por telefone com a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, mas as divergências não foram superadas. Em comunicado conjunto, os dois disseram que ainda não havia condições para a finalização do acordo comercial. Johnson deve ir pessoalmente a Bruxelas ainda nesta semana para continuar as tratativas.
"Nossos amigos têm que entender que o Reino Unido deixou a União Europeia para ser capaz de exercer o controle democrático sobre a forma como fazemos as coisas", disse nesta terça-feira o primeiro-ministro. O prazo para a transição do Brexit, como é conhecido o processo de saída do Reino Unido do bloco comum, termina no final deste mês.
Nas últimas semanas, ambos os lados têm acelerado as negociações para tentar fechar um acordo bilateral. As divergências mais significativas são sobre o uso das águas de pesca britânicas pela UE e o estabelecimento de regras para garantir uma competição justa entre as empresas.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO