Porto Alegre, quinta-feira, 19 de novembro de 2020.
Dia da Bandeira.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 19 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Portugal

- Publicada em 18h03min, 19/11/2020. Atualizada em 19h10min, 19/11/2020.

Presidente de Portugal pede prorrogação de emergência devido à Covid-19

País registrou 69 mortes nesta quinta-feira e aumento de 6% na quantidade de pacientes  em UTIs

País registrou 69 mortes nesta quinta-feira e aumento de 6% na quantidade de pacientes em UTIs


PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP/JC
O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, pediu ao Parlamento nesta quinta-feira (19), que apoie uma prorrogação do estado de emergência, imposto para combater o coronavírus, por mais 15 dias a partir da próxima semana, uma vez que o número de novas infecções diárias alcançou uma alta recorde.
O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, pediu ao Parlamento nesta quinta-feira (19), que apoie uma prorrogação do estado de emergência, imposto para combater o coronavírus, por mais 15 dias a partir da próxima semana, uma vez que o número de novas infecções diárias alcançou uma alta recorde.
O estado de emergência de âmbito nacional, que entrou em vigor no dia 9 de novembro, inclui um toque de recolher noturno e um lockdown de metade do dia nos dias da semana em 191 das 308 municipalidades de Portugal.
A medida expira em 23 de novembro, mas é provável que os parlamentares aprovem a solicitação de prorrogação do presidente nesta sexta-feira (20). Pela lei portuguesa, o estado de emergência se limita a 15 dias, mas pode ser renovado indefinidamente por períodos desta mesma duração. Se for aprovado, o estado de emergência vigorará até 8 de dezembro, de acordo com um comunicado compartilhado no site do presidente.
"A prevenção é essencial, e começa com cada um de nós", disse Rebelo de Sousa a repórteres depois de se reunir com especialistas de saúde, acrescentando que agora é importante ajustar medidas para tratar do nível de risco em cada municipalidade. Um sistema escalonado de restrições contra o coronavírus está sendo cogitado, mas o governo informou que só anunciará novas medidas no sábado.
Portugal alcançou um novo recorde nesta quinta-feira, com 6.994 casos de Covid-19 registrados em 24 horas, além de ter reportado mais 69 mortes causadas pela doença e um aumento de 6% na quantidade de pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).
Segundo o boletim da Direção-Geral de Saúde (DGS), o país acumula, desde março, 243.009 casos e 3.701 óbitos. Com os hospitais sob pressão, o número total de pacientes internados diminuiu levemente, para 3.017 (34 a menos do que na véspera), enquanto as UTIs receberam mais 26 pessoas, totalizando 458 leitos ocupados.
Comentários CORRIGIR TEXTO