Porto Alegre, terça-feira, 03 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 03 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Estados Unidos

- Publicada em 15h49min, 03/11/2020.

Eleições EUA: Trump diz que vai se declarar vencedor 'quando houver vitória, se houver vitória'

'Não há nenhuma razão para jogos', afirmou Trump

'Não há nenhuma razão para jogos', afirmou Trump


BRENDAN SMIALOWSKI/AFP/JC
O republicano Donald Trump afirmou nesta terça-feira (3) que só pretende se declarar vencedor na disputa presidencial nos EUA quando "houver vitória, se houver vitória". Durante uma entrevista por telefone ao canal de TV Fox News, o presidente disse acreditar que possui chances sólidas de vencer e contou quando exatamente pretendia anunciar o triunfo sobre o adversário democrata, Joe Biden.
O republicano Donald Trump afirmou nesta terça-feira (3) que só pretende se declarar vencedor na disputa presidencial nos EUA quando "houver vitória, se houver vitória". Durante uma entrevista por telefone ao canal de TV Fox News, o presidente disse acreditar que possui chances sólidas de vencer e contou quando exatamente pretendia anunciar o triunfo sobre o adversário democrata, Joe Biden.
"Quando houver vitória. Se houver vitória. Acho que as pesquisas são, você sabe, pesquisas de supressão. Acho que teremos vitória, mas só quando houver vitória. Não há nenhuma razão para jogos".
No fim de semana, o portal político Axios afirmou que Trump pretendia se declarar vencedor antes de a apuração ser concluída caso os primeiros resultados da noite desta terça-feira o mostrem à frente em alguns estados decisivos. O presidente negou que faria a autodeclaração de vitória, mas admitiu que vai dar início a uma cruzada jurídica sobre a disputa logo após o fechamento das urnas.
Comentários CORRIGIR TEXTO