Porto Alegre, quinta-feira, 15 de outubro de 2020.
Dia do Professor.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 15 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Estados Unidos

- Publicada em 17h33min, 15/10/2020.

Eleições EUA: Biden está 11 pontos à frente de Trump, aponta pesquisa eleitoral

Biden tem 53% da intenção de votos contra 42% de Trump

Biden tem 53% da intenção de votos contra 42% de Trump


JIM WATSON/AFP/JC
O candidato democrata Joe Biden está 11 pontos à frente do presidente norte-americano, Donald Trump, a menos de três semanas da eleição presidencial dos Estados Unidos, aponta pesquisa eleitoral do Wall Street Journal com NBC News. Segundo a pesquisa nacional, Biden tem 53% da intenção de votos contra 42% de Trump. Na pesquisa anterior, realizada imediatamente após o debate presidencial, Trump estava 14 pontos atrás de Biden.
O candidato democrata Joe Biden está 11 pontos à frente do presidente norte-americano, Donald Trump, a menos de três semanas da eleição presidencial dos Estados Unidos, aponta pesquisa eleitoral do Wall Street Journal com NBC News. Segundo a pesquisa nacional, Biden tem 53% da intenção de votos contra 42% de Trump. Na pesquisa anterior, realizada imediatamente após o debate presidencial, Trump estava 14 pontos atrás de Biden.
A economia foi a principal preocupação apontada pelos eleitores. Cerca de 50% dizem que estão em melhor situação do que há quatro anos, em comparação com 34% que dizem que estão em pior situação. No entanto, para 58% o país está pior do que há quatro anos, em comparação com 38% que acreditam que está melhor. Além disso, mais de 60% dos eleitores creem que o país está indo na direção errada.
Sobre a pandemia do coronavírus, a maioria dos eleitores está descontente com a resposta do presidente à pandemia. Cerca de 41% aprovam o modo como ele lida com a Covid-19, enquanto 57% desaprovam. Quanto ao próprio diagnóstico de coronavírus de Trump, apenas um quarto dos entrevistados disse que o presidente estava tomando as precauções necessárias, enquanto 44% afirmaram que ele estava assumindo riscos desnecessários.
A pesquisa do Wall Street Journal com NBC News entrevistou 1.000 eleitores registrados de 9 a 12 de outubro. A margem de erro foi de mais ou menos 3,1 pontos porcentuais. Entre os 1.000 eleitores, 42% se identificaram como democratas e 36% como republicanos.
Comentários CORRIGIR TEXTO