Porto Alegre, sábado, 03 de outubro de 2020.
Dia do Petróleo Brasileiro. Dia Mundial do Dentista.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 03 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Estados Unidos

- Publicada em 20h30min, 03/10/2020.

Trump será substituído por familiares e Pence em eventos de campanha

Pence deve começar a visitar estados considerados chave na eleição após o debate de quarta

Pence deve começar a visitar estados considerados chave na eleição após o debate de quarta


DIANA SANCHEZ/AFP/JC
O presidente norte-americano, Donald Trump, será substituído por familiares e pelo vice-presidente, Mike Pence, em eventos de campanha a partir de quarta (7), de acordo com comunicado oficial da campanha republicana.
O presidente norte-americano, Donald Trump, será substituído por familiares e pelo vice-presidente, Mike Pence, em eventos de campanha a partir de quarta (7), de acordo com comunicado oficial da campanha republicana.
Trump está internado no hospital militar Walter Reed, em Maryland, para se tratar da Covid-19, cujo diagnóstico ele revelou na sexta-feira (2). Para que a campanha continue, Pence e filhos do presidente o substituirão em eventos presenciais que contariam com a presença do presidente. A mudança está sendo chamada de "Operação MAGA", uma referência ao slogan "make America great again" (torne a América grande de novo).
"A operação MAGA vai empolgar todo o sistema MAGA a manter a campanha do presidente a toda velocidade até que nosso comandante volte à pista", afirmou em comunicado Bill Stepien, chefe da campanha à reeleição do republicano. Segundo ele, os eleitores serão engajados a mostrar ainda mais apoio a Trump, colocando bandeiras e placas em suas casas.
Mike Pence deve começar a visitar Estados considerados chave na eleição, como o Arizona, após o debate entre candidatos a vice na próxima quarta, no Utah. A partir deste dia, membros da família Trump e de grupos pró-presidente também participarão de eventos.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO