Porto Alegre, sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Dia do Trânsito.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Relações internacionais

- Publicada em 08h19min, 25/09/2020. Atualizada em 14h49min, 25/09/2020.

Coreia do Sul diz que Norte pediu desculpas por morte de autoridade sul-coreana

É incomum para a família de Kim Jong-un (e) pedir desculpas a qualquer autoridade sul-coreana

É incomum para a família de Kim Jong-un (e) pedir desculpas a qualquer autoridade sul-coreana


KOREA SUMMIT POOL/AFP/JC
A Coreia do Sul disse que o líder norte-coreano, Kim Jong Un, pediu desculpas pelo assassinato de um oficial sul-coreano. O gabinete presidencial da Coreia do Sul afirmou nesta sexta-feira que Kim apresentou um pedido de desculpas em uma mensagem para a Coreia do Sul. Segundo o gabinete, Kim chamou o incidente de "inesperado" e "infeliz".
A Coreia do Sul disse que o líder norte-coreano, Kim Jong Un, pediu desculpas pelo assassinato de um oficial sul-coreano. O gabinete presidencial da Coreia do Sul afirmou nesta sexta-feira que Kim apresentou um pedido de desculpas em uma mensagem para a Coreia do Sul. Segundo o gabinete, Kim chamou o incidente de "inesperado" e "infeliz".
Na quinta-feira (24), a Coreia do Sul acusou a Coreia do Norte de matar a tiros em de seus servidores públicos que provavelmente tentou desertar para o Norte. Segundo Seul, o homem havia desaparecido de um navio do governo que estava inspecionando possíveis atividades de pesca ilegal numa área ao sul da fronteira entre os países, na segunda (21). No dia seguinte, ele foi morto a tiros e teve o corpo incendiado ao ser encontrado em águas norte-coreanas.
Autoridades sul-coreanas condenaram a Coreia do Norte, classificando o episódio como "ato atroz" e pediram punição aos responsáveis pelo ato, exigindo um pedido de desculpas. É extremamente incomum que um líder norte-coreano peça desculpas a um rival da Coreia do Sul em qualquer assunto.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO