Porto Alegre, quarta-feira, 16 de setembro de 2020.
Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 16 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Clima

- Publicada em 15h44min, 16/09/2020.

Comissão Europeia propõe elevar meta de redução de emissões de 40% a 55% até 2030

Comissão Europeia informou que revisará toda sua legislação sobre clima e energia, a fim de buscar a meta

Comissão Europeia informou que revisará toda sua legislação sobre clima e energia, a fim de buscar a meta


PAUL ELLIS/AFP PHOTO/JC
A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, revelou nesta quarta-feira (16), que o braço executivo da União Europeia (UE) está propondo que a meta para redução de emissões até 2030 no bloco seja elevada de 40% para 55%. Com isso, a UE estará a caminho da neutralidade climática até 2050 e também de cumprir as obrigações do Acordo de Paris. A Comissão Europeia revisará toda sua legislação sobre clima e energia, a fim de buscar essa meta.
A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, revelou nesta quarta-feira (16), que o braço executivo da União Europeia (UE) está propondo que a meta para redução de emissões até 2030 no bloco seja elevada de 40% para 55%. Com isso, a UE estará a caminho da neutralidade climática até 2050 e também de cumprir as obrigações do Acordo de Paris. A Comissão Europeia revisará toda sua legislação sobre clima e energia, a fim de buscar essa meta.
Ursula também anunciou que 30% do orçamento de 750 bilhões de euros chamado de #NextGenerationEU (UE Próxima Geração) será levantado por meios dos chamados bônus verdes. E 37% do financiamento será investido em objetivos do Acordo Verde Europeu.
Ela também pediu a criação de uma nova "Bauhaus Europeia" a fim de se lançar o estilo arquitetônico de nossos tempos e refletir o desejo de tornar a Europa o primeiro continente neutro em suas emissões.
Comentários CORRIGIR TEXTO