Porto Alegre, quarta-feira, 16 de setembro de 2020.
Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 16 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Japão

- Publicada em 17h27min, 14/09/2020. Atualizada em 15h35min, 16/09/2020.

Suga é eleito líder partidário e deverá ser o novo premiê do Japão

Yoshihide Suga (d) é assessor do primeiro-ministro Shinzo Abe (e)

Yoshihide Suga (d) é assessor do primeiro-ministro Shinzo Abe (e)


Eugene Hoshiko/POOL/AFP/JC
O Partido Liberal Democrata (PLD) do Japão elegeu nesta segunda-feira (14), Yoshihide Suga, um assessor do primeiro-ministro Shinzo Abe, como seu novo presidente. A vitória de Suga assegura sua eleição como sucessor de Abe, em votação a ser realizada pelo Parlamento na quarta-feira (16).
O Partido Liberal Democrata (PLD) do Japão elegeu nesta segunda-feira (14), Yoshihide Suga, um assessor do primeiro-ministro Shinzo Abe, como seu novo presidente. A vitória de Suga assegura sua eleição como sucessor de Abe, em votação a ser realizada pelo Parlamento na quarta-feira (16).
Na votação, Suga obteve 337 votos, de 534 no total. Outros 89 votos foram para o ex-ministro das Relações Exteriores Fumio Kishida e 68 para o ex-ministro da Defesa Shigeru Ishiba.
Suga disse que, entre suas principais prioridades, está a luta contra o novo coronavírus e a recuperação da economia, atingida pela pandemia. Apesar da imagem discreta como braço direito de Abe, Suga é conhecido por seu punho de ferro.
Abe, que anunciou no mês passado o plano de deixar o cargo de primeiro-ministro, por motivos de saúde, deverá renunciar formalmente na quarta-feira. Com isso, o Parlamento se reunirá para escolher seu sucessor. Como o PLD controla a maioria da Câmara, que seleciona o premiê, Suga, o novo líder do PLD, tem a garantia da vitória.
Comentários CORRIGIR TEXTO