Porto Alegre, quarta-feira, 06 de maio de 2020.
Dia do Cartógrafo.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 06 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Áustria

Notícia da edição impressa de 06/05/2020. Alterada em 05/05 às 19h02min

Primeira fase de desconfinamento na Áustria tem casos sob controle

Governo austríaco recomenda o uso de máscaras de proteção em lugares públicos

Governo austríaco recomenda o uso de máscaras de proteção em lugares públicos


JOE KLAMAR/AFP/JC
O ministro da Saúde da Áustria, Rudolf Anschober, anunciou, nesta terça-feira (5), que a primeira fase do desconfinamento no país manteve o coronavírus sob controle e não levou a um novo pico de infecções.
O ministro da Saúde da Áustria, Rudolf Anschober, anunciou, nesta terça-feira (5), que a primeira fase do desconfinamento no país manteve o coronavírus sob controle e não levou a um novo pico de infecções.
A reabertura começou em 14 de abril, depois de um mês de fechamento, fazendo da Áustria um dos primeiros países europeus a afrouxar o bloqueio. "A situação é estável, tomamos as decisões corretas no momento adequado", disse Anschober, ressaltando que a primeira fase da reabertura foi excelente e o país conseguiu reduzir a taxa de aumento nos casos diários para 0,2%. Antes do bloqueio, a cifra era de 50%.
Em 14 de abril, lojas de até 400 metros quadrados puderam reabrir. Na semana passada, a permissão foi estendida a lojas maiores e a outros prestadores de serviços, como cabeleireiros. Bares, restaurantes, museus e hotéis devem reabrir ainda no mês de maio. O governo austríaco ainda recomenda, entretanto, o trabalho remoto, o distanciamento social e o uso de máscaras de proteção em lugares públicos.
Até esta terça-feira, a Áustria registrava 15.650 casos de coronavírus e 606 mortes, de acordo com dados da universidade norte-americana Johns Hopkins.
Comentários