Porto Alegre, segunda-feira, 27 de abril de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, segunda-feira, 27 de abril de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Rússia

Alterada em 27/04 às 19h57min

Rússia ultrapassa China em casos de Covid-19

Enfermeiros abandonam trabalho por falta de equipamentos de proteção individual

Enfermeiros abandonam trabalho por falta de equipamentos de proteção individual


YURI KADOBNOV/AFP/JC
Nesta segunda-feira (27), a Rússia ultrapassou a China em número de casos de infecção pelo novo coronavírus. Com 87.147 casos confirmados, tem uma incidência de 597 por milhão de habitantes, e um taxa relativamente baixa de mortes - 794, ou cinco por milhão.
Nesta segunda-feira (27), a Rússia ultrapassou a China em número de casos de infecção pelo novo coronavírus. Com 87.147 casos confirmados, tem uma incidência de 597 por milhão de habitantes, e um taxa relativamente baixa de mortes - 794, ou cinco por milhão.
Em comparação, o Brasil tem metade dos casos por milhão e quatro vezes mais mortos na mesma métrica. O país faz bastante testes: 2,8 milhões até aqui, ou cerca de 20 mil por milhão de habitantes - no Brasil, são 1.373 por milhão. A China, com três novos casos registrados nesta segunda-feira, tem 82.830 infectados.
A capital, Moscou, é a cidade mais afetada pelo vírus, com 45.351 casos. Segundo o site Open Media, independente, enfermeiros do principal hospital que atende doentes com Covid-19, o Kommunarka, estão deixando seus postos por falta de equipamentos de proteção individual. O local atende hoje 644 pacientes com o vírus.
Comentários