Porto Alegre, segunda-feira, 27 de abril de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, segunda-feira, 27 de abril de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Espanha

Notícia da edição impressa de 27/04/2020. Alterada em 26/04 às 19h18min

Espanha tem menor número de novas mortes em cinco semanas

Pelo primeiro dia em seis semanas, crianças menores de 14 anos puderam sair de casa

Pelo primeiro dia em seis semanas, crianças menores de 14 anos puderam sair de casa


JAIME REINA/AFP/JC
A Espanha confirmou neste domingo (26) o menor número de mortes causadas pela Covid-19 em cinco semanas. Foram 288 novos óbitos, elevando o total a 23.190. O número de casos confirmados entre sábado e domingo, de 1.729, representou aumento de 0,8% no total de ocorrências, que somam mais de 226,6 mil.
A Espanha confirmou neste domingo (26) o menor número de mortes causadas pela Covid-19 em cinco semanas. Foram 288 novos óbitos, elevando o total a 23.190. O número de casos confirmados entre sábado e domingo, de 1.729, representou aumento de 0,8% no total de ocorrências, que somam mais de 226,6 mil.
"Foi 1% de aumento diário (no número de casos), com números que não se via há muitas semanas", afirmou Fernando Simón, diretor do Centro de Coordenação de Alertas e Emergências Sanitárias. "Obviamente temos que seguir com muito cuidado. Não podemos dar um passo atrás, porque dar um passo atrás seria realmente temerário para o sistema sanitário e também para a moral de toda a população."
O domingo também foi o primeiro dia em seis semanas em que as crianças menores de 14 anos puderam deixar suas casas no país. O Ministério da Saúde espanhol estabeleceu a "norma dos quatro 1": as crianças devem ser acompanhadas por apenas um adulto, sair apenas uma vez por dia, durante uma hora e andar no máximo um quilômetro. No sábado (25), o premiê espanhol, Pedro Sánchez, disse que a população em geral poderá sair para caminhadas curtas a partir de 2 de maio. Ele deve apresentar na terça-feira (28) um plano de redução gradual da quarentena.
Dentre 45 países e territórios europeus, 40 adotaram quarentenas, com escolas, restaurantes, bares, hotéis e comércio fechados e orientações (ou ordens) de que as pessoas ficassem em casa. Turquia e Macedônia não paralisaram a atividade, mas impuseram toques de recolher e uso obrigatório de máscaras.
Três países não decretaram fechamento total de escolas, restaurantes e lojas: Belarus, Suécia e Finlândia. Até a noite de sábado, 19 países já haviam iniciado algum relaxamento de suas medidas contra o coronavírus, e outros sete já anunciaram um início de descongelamento nas próximas semanas.
Comentários