Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 30 de janeiro de 2020.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

saúde

30/01/2020 - 16h24min. Alterada em 30/01 às 16h26min

EUA confirmam primeiro caso de transmissão interna de coronavírus

De acordo com a OMS 18 nações já confirmaram casos da doença

De acordo com a OMS 18 nações já confirmaram casos da doença


JUNI KRISWANTO/AFP/JC
Os Estados Unidos confirmaram nesta quinta-feira (30), o sexto caso de infecção pelo novo coronavírus em seu território, o primeiro em que a transmissão ocorreu internamente, com contaminação em solo americano.
Os Estados Unidos confirmaram nesta quinta-feira (30), o sexto caso de infecção pelo novo coronavírus em seu território, o primeiro em que a transmissão ocorreu internamente, com contaminação em solo americano.
Os cinco casos anteriormente divulgados pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) eram de pessoas que haviam estado na China, onde foram infectados.
O caso divulgado nesta quinta é de um homem morador de Chicago que, embora não tenha viajado ao país asiático, teve contato próximo com sua mulher, que esteve na cidade chinesa de Wuhan, epicentro do surto. A mulher foi o segundo caso confirmado nos Estados Unidos.
Segundo boletim divulgada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quinta, mais de 7,8 mil casos da doença já foram registrados no mundo, dos quais 170 pessoas morreram.
Embora a maioria dos registros esteja concentrada na China, 18 nações já confirmaram casos da doença, de acordo com a OMS. Antes dos EUA, três países já haviam registrado transmissão interna do vírus: Alemanha, Japão e Vietnã. (Com agências internacionais)
Estadão Conteúdo
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia