Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 29 de janeiro de 2020.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

oriente médio

Alterada em 29/01 às 14h12min

Imprensa do Irã diz que responsável por assassinato de Suleimani morreu

Veículos da imprensa iraniana noticiaram que o agente da CIA (agência norte-americana de inteligência) responsável pelo assassinato do general iraniano Qasem Suleimani foi morto em um avião que teria sido abatido por talibãs segunda-feira (27), no Afeganistão. 
Veículos da imprensa iraniana noticiaram que o agente da CIA (agência norte-americana de inteligência) responsável pelo assassinato do general iraniano Qasem Suleimani foi morto em um avião que teria sido abatido por talibãs segunda-feira (27), no Afeganistão. 
O referido agente seria Michael D'Andrea. Ele vinha sendo apontado como responsável pela morte do líder da Guarda Revolucionária, durante visita a Bagdá, no Iraque. Segundo a mídia iraniana, ele está entre as vítimas da queda de um avião militar norte-americano, que os talibãs dizem ter abatido no início da semana, na região de Ghazni, a cerca de 900 quilômetros da fronteira iraniana.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
A notícia ainda não foi confirmada oficialmente. Os primeiros relatos sobre a morte do agente da CIA foram veiculados pela imprensa russa. Só depois foi retomada pela imprensa iraniana. A agência de notícias iraniana Tasnim cita fontes russas para afirmar que "o assassino de Suleimani estava no avião e morreu na queda".
Ainda segundo as notícias veiculadas no exterior, D'Andrea "é a mais relevante figura da CIA no Oriente Médio, tendo sido responsável por operações no Iraque, Iran e Afeganistão". Segundo a imprensa estrangeira, a agência refere-se a D'Andrea como "Ayatollah Mike" ou "o príncipe das Trevas".
D'Andrea também seria considerado o cérebro do assassinato do dirigente do Hezbollah libanês Imad Mughniyeh, em 2008.
Agência Brasil
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia