Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 13 de janeiro de 2020.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Omã

Edição impressa de 13/01/2020. Alterada em 13/01 às 03h00min

Novo sultão de Omã promete manter política externa pacífica

O novo sultão de Omã, Haitham bin Tariq Al Said, prometeu, no sábado, manter a abordagem do seu antecessor, Qaboos bin Said, na política externa, que manteve relações com Estados Unidos e Irã. O novo monarca, que foi ministro da Cultura de Omã, falou após ser nomeado sucessor de Qaboos, o líder há mais tempo no trono no Oriente Médio, que morreu aos 79 anos.
O novo sultão de Omã, Haitham bin Tariq Al Said, prometeu, no sábado, manter a abordagem do seu antecessor, Qaboos bin Said, na política externa, que manteve relações com Estados Unidos e Irã. O novo monarca, que foi ministro da Cultura de Omã, falou após ser nomeado sucessor de Qaboos, o líder há mais tempo no trono no Oriente Médio, que morreu aos 79 anos.
"Seguiremos a mesma linha que o antigo sultão e os princípios que ele afirmou para a política externa do nosso país, de coexistência pacífica entre países e pessoas, e bom comportamento de não interferência nos assuntos dos outros", disse ele em sua primeira declaração pública como sultão.
O anúncio da morte de Qaboos bin Said - que chegou ao cargo em um golpe em 1970 - foi feito no sábado. Acredita-se que o sultão estava em estado de saúde frágil e viajou à Bélgica para o que foi descrito como um check-up no mês passado. Qaboos não era casado e não tinha filhos.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia