Porto Alegre, quinta-feira, 23 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 23 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

relações internacionais

- Publicada em 10h12min, 30/12/2019. Atualizada em 10h12min, 30/12/2019.

Ucrânia e separatistas pró-Rússia fazem troca mútua de prisioneiros

Agência Brasil
O governo da Ucrânia e separatistas pró-Rússia apoiados por Moscou fizeram uma troca mútua de prisioneiros com base em acordo fechado este mês. Segundo informes da presidência da Ucrânia e da mídia local, a troca foi realizada domingo em um posto de controle nos arredores de uma cidade do leste do país em posse dos separatistas.
O governo da Ucrânia e separatistas pró-Rússia apoiados por Moscou fizeram uma troca mútua de prisioneiros com base em acordo fechado este mês. Segundo informes da presidência da Ucrânia e da mídia local, a troca foi realizada domingo em um posto de controle nos arredores de uma cidade do leste do país em posse dos separatistas.
Forças separatistas pró-Rússia teriam libertado 76 prisioneiros e o governo ucraniano, um número similar. No dia 9 os presidentes da Rússia e da Ucrânia reuniram-se em Paris, sob a mediação da Alemanha e da França. Vladimir Putin e Volodymyr Zelenskyy fecharam acordo para a realização, até este fim de ano, da troca de prisioneiros resultantes do conflito entre forças do governo ucraniano e separatistas pró-Rússia.
A presidência russa informou que Putin conversou domingo por telefone com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e saudou a troca de prisioneiros como uma medida positiva. Autoridades agora aguardam para avaliar o progresso do acordo para a obtenção de um cessar-fogo.
Comentários CORRIGIR TEXTO