Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 13 de dezembro de 2019.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Reino Unido

12/12/2019 - 19h46min. Alterada em 13/12 às 08h17min

Boca de urna indica Partido Conservador com ampla maioria

Primeiro-ministro Boris Johnson pode ter obtido 360 cadeiras no Parlamento britânico

Primeiro-ministro Boris Johnson pode ter obtido 360 cadeiras no Parlamento britânico


BEN STANSALL/AFP/JC
A primeira pesquisa boca de urna das eleições gerais do Reino Unido divulgada na noite desta quinta-feira (12) aponta uma vitória com larga vantagem do Partido Conservador, do primeiro-ministro Boris Johnson, com 360 cadeiras no Parlamento britânico, seguido do Partido Trabalhista, de seu principal opositor Jeremy Corbyn, com 191 cadeiras.
A primeira pesquisa boca de urna das eleições gerais do Reino Unido divulgada na noite desta quinta-feira (12) aponta uma vitória com larga vantagem do Partido Conservador, do primeiro-ministro Boris Johnson, com 360 cadeiras no Parlamento britânico, seguido do Partido Trabalhista, de seu principal opositor Jeremy Corbyn, com 191 cadeiras.
Caso os números sejam confirmados, esse seria o melhor resultado para os conservadores desde 1979, quando sob o comando de Margaret Thatcher, os "tories" garantiram 339. Porém, a dama de ferro conquistou números melhores em 1983 e 1987, com 397 e 376 cadeiras, respectivamente.
Como contraponto, em caso de confirmação dos números, esse seria o pior resultado para o Partido Trabalhista desde 1935, quando a sigla conseguiu 154 cadeiras, sob a liderança de Clement Attlee.
O número mínimo de assentos que garantem a maioria no Parlamento é de 326. Caso os resultados sejam confirmados, Johnson deve conseguir aprovar o Brexit, como planejava.
O Partido Nacional Escocês (SNP na sigla em inglês), pró separatista do Reino Unido, veio em terceiro lugar, com 55 cadeiras, seguido do Liberal Democrata (LD) em quarto, com 13 assentos.
De acordo com os índices divulgados pelo Instituto Ipsos MORI para a BBC, ITV NEWS e SKY News, o Partido Conservador ganhou 40 cadeiras em comparação com a última eleição, em 2017, enquanto o Trabalhista perdeu 71 cadeiras, com a maior perda entre as siglas.
O SNP ganhou força no Parlamento, ao ter ganho 20 cadeiras, enquanto o LD não tinha representação até então.
Os resultados oficiais ainda serão divulgados nas próximas horas.
Estadão Conteúdo
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia