Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 20 de novembro de 2019.
Dia Nacional da Consciência Negra. Dia Universal das Crianças.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

França

Edição impressa de 19/11/2019. Alterada em 19/11 às 03h00min

Queda de ponte suspensa na França deixa um morto

Bombeiros e mergulhadores trabalham para tentar resgatar desaparecidos

Bombeiros e mergulhadores trabalham para tentar resgatar desaparecidos


ERIC CABANIS/AFP/JC
Um adolescente de 15 anos morreu e várias pessoas estão desaparecidas após a queda de uma ponte suspensa, ontem, na cidade de Mirepoix-sur-Tarn, perto de Toulouse, no Sul da França. A promotora Karline Bouisset confirmou a morte do jovem, que estava viajando com sua mãe em um carro que caiu da ponte.
Um adolescente de 15 anos morreu e várias pessoas estão desaparecidas após a queda de uma ponte suspensa, ontem, na cidade de Mirepoix-sur-Tarn, perto de Toulouse, no Sul da França. A promotora Karline Bouisset confirmou a morte do jovem, que estava viajando com sua mãe em um carro que caiu da ponte.
As autoridades locais buscam por mais pessoas que podem ter caído no rio Tarn, incluindo os motoristas do caminhão e da van que, de acordo com testemunhas, atravessavam a ponte no momento do acidente. Quatro pessoas, incluindo a mãe do jovem, foram resgatadas com vida.
Um contingente de aproximadamente 70 bombeiros, 40 policiais e helicópteros, além de equipes de mergulhadores e salva-vidas, atuou para tentar resgatar os desaparecidos, cujo número ainda é desconhecido, segundo o governador do departamento de Alta Garona, Etienne Guyot.
A ponte, de estrutura metálica, foi construída na década de 1930 e é submetida a "monitoramento regular", afirmou o governador. A promotora explicou que foi aberta uma investigação judicial para estudar as causas do acidente. "É muito cedo para dizer se a ponte apresentava riscos ou não. Assim como não sei dizer quantas pessoas procuramos. De acordo com os depoimentos, há vários desaparecidos, possivelmente o motorista do caminhão e o motorista da van", disse.
Segundo fontes citadas pelo jornal local La Dépêche du Midi, a queda aconteceu por volta das 8h (4h de Brasília), quando um caminhão com peso acima do limite autorizado teria entrado na ponte.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia