Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 13 de novembro de 2019.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Holanda

Alterada em 13/11 às 12h54min

Holanda reduz velocidade máxima a 100 km/h para conter poluição

País é pressionado pela UE por não respeitar limites de emissão de nitrogênio estabelecidos pelo bloco

País é pressionado pela UE por não respeitar limites de emissão de nitrogênio estabelecidos pelo bloco


LEANDRO BRIXIUS/ARQUIVO/JC
O governo da Holanda anunciou nesta quarta-feira (13) que o limite de velocidade para os automóveis em todo o país será reduzido para 100 km/h, como parte de um pacote para reduzir a poluição do ar.
O governo da Holanda anunciou nesta quarta-feira (13) que o limite de velocidade para os automóveis em todo o país será reduzido para 100 km/h, como parte de um pacote para reduzir a poluição do ar.
A mudança foi anunciada como forma de impedir que o país precise paralisar obras, como construir novas casas e estradas, para se manter dentro das metas de poluição estabelecidas pela União Europeia. A restrição entrará em vigor em 2020 e valerá apenas durante o dia. De noite, o limite atual, de até 130 km/h, será mantido.
"Estou terrivelmente chateado, é terrível, mas de outro modo as pessoas estariam sem emprego no Natal", disse o premiê Mark Rutte, ao anunciar a mudança.
A Holanda está sendo pressionada pela União Europeia (UE) por não respeitar os limites de emissão de nitrogênio estabelecidos pelo bloco nos últimos anos. Com a redução, o país terá o menor limite de velocidade da Europa, ao lado do Chipre. A média no continente é de 130 km/h, segundo levantamento da BBC.
A pecuária, outra atividade que gera gases poluentes, também será alvo de medidas, como a inclusão de uma enzima na alimentação do gado, para reduzir sua emissão de óxido de nitrogênio. No mês passado, fazendeiros bloquearam estradas em protesto depois que o governo cogitou reduzir o número de animais confinados como estratégia para reduzir a poluição.
Rafael Balago para Folhapress
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia