Porto Alegre, sexta-feira, 24 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 24 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Bolívia

- Publicada em 03h24min, 01/11/2019. Atualizada em 03h00min, 01/11/2019.

OEA inicia auditoria de eleição na Bolívia

Uma missão de especialistas da Organização dos Estados Americanos (OEA) começou, nesta quinta-feira, uma auditoria do resultado da eleição para presidente da República na Bolívia. A auditoria, realizada por 30 especialistas de diversos países, deve levar, no máximo, 12 dias para ser concluída. A intenção é verificar se houve manipulação de dados e fraude em favor do partido Movimento ao Socialismo (MAS), do atual presidente Evo Morales. A oposição, liderada pelo candidato Carlos Mesa, não reconhece a auditoria e afirma que os termos foram definidos unilateralmente, sem a presença de representantes da oposição e da sociedade civil.
Uma missão de especialistas da Organização dos Estados Americanos (OEA) começou, nesta quinta-feira, uma auditoria do resultado da eleição para presidente da República na Bolívia. A auditoria, realizada por 30 especialistas de diversos países, deve levar, no máximo, 12 dias para ser concluída. A intenção é verificar se houve manipulação de dados e fraude em favor do partido Movimento ao Socialismo (MAS), do atual presidente Evo Morales. A oposição, liderada pelo candidato Carlos Mesa, não reconhece a auditoria e afirma que os termos foram definidos unilateralmente, sem a presença de representantes da oposição e da sociedade civil.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO