Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 28 de outubro de 2019.
Dia do Funcionário Público. Dia de São Judas Tadeu.

Jornal do Comércio

Internacional

CORRIGIR

Colômbia

Alterada em 28/10 às 03h00min

Colômbia oferece colete antibalas a candidatos

Diante das ameaças e dos ataques contra políticos que concorrem às eleições regionais da Colômbia, realizadas ontem, o governo nacional passou a oferecer, coletes à prova de bala, veículos blindados e escoltas a 1.074 candidatos. A medida dá uma mostra do clima de tensão e violência que permeia essa votação - 36,6 milhões de eleitores estão habilitados para votar -, em que foram escolhidos mais de mil prefeitos, 32 governadores, além de 2 mil representantes de assembleias departamentais e municipais. 
Diante das ameaças e dos ataques contra políticos que concorrem às eleições regionais da Colômbia, realizadas ontem, o governo nacional passou a oferecer, coletes à prova de bala, veículos blindados e escoltas a 1.074 candidatos. A medida dá uma mostra do clima de tensão e violência que permeia essa votação - 36,6 milhões de eleitores estão habilitados para votar -, em que foram escolhidos mais de mil prefeitos, 32 governadores, além de 2 mil representantes de assembleias departamentais e municipais. 
A principal disputa desta eleição é pelo segundo posto mais importante do país, o de prefeito de Bogotá. Os dois principais nomes para a prefeitura de Bogotá são Claudia López (centro-esquerda), também do Partido Verde, e Carlos Fernando Galán (centro), postulante independente e filho do ex-candidato a presidente Luis Carlos Galán, assassinado durante um comício de campanha em 1989. Segundo levantamento do Gallup, os temas que mais preocupam os colombianos hoje são insegurança (83%), corrupção (82%) e narcotráfico (63%).
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia