Porto Alegre, domingo, 26 de julho de 2020.
Dia dos Avós.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 26 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Rússia

- Publicada em 03h20min, 16/08/2019. Atualizada em 03h00min, 16/08/2019.

Avião faz pouso de emergência em milharal após colisão com pássaros

Das 233 pessoas a bordo da aeronave, 23 ficaram feridas

Das 233 pessoas a bordo da aeronave, 23 ficaram feridas


/Yuri KADOBNOV/AFP/JC
Um Airbus A321 da Ural Airlines com 233 pessoas a bordo realizou uma aterrissagem de emergência em um campo de milho nos arredores de Moscou, capital da Rússia, nesta quinta-feira, depois de a aeronave se chocar com um grupo de pássaros logo após a decolagem do Aeroporto Internacional de Zhukovky. A aeronave seguia para Simferopol, a principal cidade da Crimeia, declarou um porta-voz de Agência Federal de Transporte Aéreo.
Um Airbus A321 da Ural Airlines com 233 pessoas a bordo realizou uma aterrissagem de emergência em um campo de milho nos arredores de Moscou, capital da Rússia, nesta quinta-feira, depois de a aeronave se chocar com um grupo de pássaros logo após a decolagem do Aeroporto Internacional de Zhukovky. A aeronave seguia para Simferopol, a principal cidade da Crimeia, declarou um porta-voz de Agência Federal de Transporte Aéreo.
O Ministério da Saúde informou que 23 pessoas, incluindo nove crianças, receberam atendimento médico - 22 delas receberam alta, e uma mulher de 69 anos foi hospitalizada. Segundo as primeiras informações, em consequência da colisão com as aves, uma das turbinas do avião parou de funcionar e a outra reduziu consideravelmente sua potência. O Airbus aterrissou de barriga no milharal e com os motores desligados.
"Felicitamos os pilotos, são heróis que salvaram vidas e conseguiram pousar o avião", afirmou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov. O Comitê de Investigação russo examinará o incidente, e o Comitê Intergovernamental de Aviação criou uma comissão especial para avaliar as circunstâncias.
Comentários CORRIGIR TEXTO