Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de junho de 2019.
Dia do Mídia. Início do Inverno.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR| CORRIGIR

Irã

Edição impressa de 21/06/2019. Alterada em 21/06 às 03h00min

Irã derruba drone dos EUA e eleva tensões entre os dois países

A Guarda Revolucionária do Irã derrubou um drone dos Estados Unidos nesta quinta-feira, em meio a um cenário de escalada nas tensões. De acordo com as forças iranianas, o drone foi derrubado porque estava invadindo o espaço aéreo do país persa, enquanto duas autoridades norte-americanas disseram, sob condição de anonimato, que a queda aconteceu no espaço aéreo internacional do Estreito de Ormuz.
A Guarda Revolucionária do Irã derrubou um drone dos Estados Unidos nesta quinta-feira, em meio a um cenário de escalada nas tensões. De acordo com as forças iranianas, o drone foi derrubado porque estava invadindo o espaço aéreo do país persa, enquanto duas autoridades norte-americanas disseram, sob condição de anonimato, que a queda aconteceu no espaço aéreo internacional do Estreito de Ormuz.
O mais novo incidente vem na esteira de ataques a dois navios petroleiros no Golfo de Omã na semana passada. Os EUA acusam o Irã de promover as ações, mas Teerã nega envolvimento. No pano de fundo, são crescentes as tensões entre os dois países desde que o presidente norte-americano, Donald Trump, decidiu retirar Washington do acordo nuclear internacional firmado em 2015. Além disso, a Arábia Saudita informou, nesta quinta-feira, que rebeldes Houthi aliados do Irã lançaram um míssil visando a uma usina de dessalinização na quarta-feira.
O Irã quadruplicou sua produção de urânio de baixo enriquecimento e ameaçou elevar a níveis mais altos. Nas últimas semanas, os EUA aceleraram o envio de um porta-aviões e de mais soldados para o Oriente Médio.
 
COMENTAR| CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia