Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 10 de junho de 2019.
Dia da Língua Portuguesa.

Jornal do Comércio

Internacional

CORRIGIR

Estados Unidos

Alterada em 10/06 às 16h39min

Helicóptero atinge edifício de 54 andares em Nova Iorque

Acidente ocorreu na Sétima Avenida, entre as ruas 51 e 52. Piloto da aeronave morreu no local

Acidente ocorreu na Sétima Avenida, entre as ruas 51 e 52. Piloto da aeronave morreu no local


Johannes EISELE / AFP/JC
Um helicóptero atingiu o telhado de um prédio de 54 andares no centro de Manhattan, em Nova Iorque, possivelmente ao tentar fazer um pouso de emergência na tarde desta segunda-feira (10). De acordo com a CNN, agentes da polícia e dos bombeiros relataram pelo menos um morto e uma pessoa ferida. A vítima confirmada pelos bombeiros é o piloto do helicóptero. No entanto, ainda não há a confirmação oficial sobre o número total de vítimas. O governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, por sua vez, disse que não há indícios de que se trate de terrorismo.
O edifício foi esvaziado e os bombeiros trabalham no local. A polícia pediu que curiosos não se aproximem do local.
O acidente aconteceu no AXA Equitable Centre, na Sétima Avenida, entre as ruas 51 e 52, onde funcionam empresas como BNP Paribas, Citibank e Willkie Farr & Gallagher. Os funcionários foram rapidamente evacuados.
"A única indicação é que o helicóptero ou fez um pouso de emergência ou caiu no topo do prédio, e se incendiou, mas é tudo muito preliminar ainda" disse Cuomo, que está no local.
A cidade emitiu uma notificação de emergência, alertando para o fechamento de ruas da região. O Departamento de Polícia de Nova Iorque também avisou no Twitter que a área deve ser evitada.
Com Agência Folhapress e Agência Estado
CORRIGIR