Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 17 de maio de 2019.
Dia Internacional contra a Homofobia. Dia Mundial da Internet.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Oriente Médio

Edição impressa de 17/05/2019. Alterada em 17/05 às 03h00min

Arábia Saudita ataca Iêmen após atentado

Aviões da coalizão liderada pela Arábia Saudita bombardearam, nesta quinta-feira, a capital do Iêmen, Sanaa, 48 horas depois de um ataque com drones dos rebeldes houthis contra um oleoduto saudita. Ao menos seis pessoas morreram e dez ficaram feridas.

O ministro para Assuntos Exteriores dos Emirados Árabes, Anwar Gargash, advertiu, na quarta-feira, que a coalizão pretendia "responder com força" a qualquer ataque dos houthis. Eles lutam no Iêmen contra uma coalizão militar liderada pelos sauditas e são apoiados pelo Irã. A Arábia Saudita e os Emirados Árabes estão liderando a aliança muçulmana sunita apoiada pelo Ocidente que interveio no Iêmen em 2015 contra os houthis para tentar restituir o governo internacionalmente reconhecido afastado em 2014.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia