Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 13 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Oriente Médio

Edição impressa de 13/12/2018. Alterada em 13/12 às 01h00min

Turquia fará ofensiva na Síria contra militantes curdos

A Turquia lançará "em alguns dias" uma nova operação militar na Síria contra combatentes curdos apoiados pelos Estados Unidos. A notícia deve piorar as já abaladas relações entre turcos e norte-americanos, aliados na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

No mês passado, forças turcas atacaram posições curdas na fronteira com a Síria, e ameaçaram expulsar a milícia curda síria conhecida como Unidades de Proteção do Povo, ou YPG. Esse grupo é o principal de uma milícia liderada pelos curdos que conteve o avanço do Estado Islâmico, com o apoio da coalizão liderada pelos EUA. Ancara, contudo, vê o YPG como terrorista por suas ligações com a insurgência curda dentro da Turquia.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia