Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 25 de outubro de 2018.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Terrorismo

Edição impressa de 25/10/2018. Alterada em 25/10 às 01h00min

Jornalista japonês sequestrado na Síria é libertado após três anos

Um jornalista japonês sequestrado há três anos na Síria foi libertado e está em segurança na Turquia, confirmou ontem o governo do Japão. Representantes da embaixada japonesa na Turquia se encontraram com Jumpei Yasuda em um centro de imigração no Sul do país, próximo à fronteira com a Síria.

"Estamos extremamente satisfeitos em confirmar que Jumpei Yasuda está em segurança", afirmou o chanceler japonês, Taro Kono. Yasuda foi sequestrado em 2015 por um braço da Al-Qaeda na Síria conhecido como Frente Nusra.

"Meu nome é Jumpei Yasuda, jornalista japonês, e fui mantido na Síria por 40 meses", diz em vídeo divulgado pela TV pública do Japão, NHK. "Agora estou na Turquia. Agora estou a salvo. Muito obrigado."

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia