Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 08 de julho de 2018.
Dia do Padeiro.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Tailândia

08/07/2018 - 10h41min. Alterada em 08/07 às 16h22min

Quatro crianças já foram resgatadas de caverna na Tailândia

Crianças resgatadas foram encaminhadas a um hospital de campanha montado nos arredores da caverna

Crianças resgatadas foram encaminhadas a um hospital de campanha montado nos arredores da caverna


LILLIAN SUWANRUMPHA/AFP/JC
Folhapress
Quatro em vez de seis, como inicialmente havia sido informado, dos 12 meninos presos há duas semanas em uma caverna inundada na Tailândia já foram resgatados na manhã deste domingo (8). Segundo a equipe de salvamento, as crianças foram encaminhadas para o hospital de campanha montado nos arredores da caverna. A operação de resgate envolve a retirada dos oito meninos e seu técnico ainda presos em uma caverna inundada na Tailândia.
A ação teve início às 10h (horário local na Tailândia, meia-noite no Brasil) e tem previsão de durar de três a quatro dias. A única maneira de retirar o grupo de lá é navegando por passagens escuras e apertadas, cheias de água barrenta e correntes fortes, e também sem muito oxigênio. Um ex-Seal da marinha tailandesa desmaiou fazendo o mergulho nesta sexta-feira e morreu.
Especialistas no trabalho em cavernas consideram a operação como a última saída para o resgate, especialmente com pessoas não treinadas como os meninos. O caminho é particularmente complicado devido a passagens estreitas, cheias de curvas e inundadas. Mas os líderes da equipe de resgate afirmam que as condições favoráveis, com tempo menos instável e nível das águas diminuindo, não deve durar.  Tempestades são esperadas para os próximos dias e, além disso, a queda dos níveis de oxigênio dentro da caverna também preocupa a equipe de resgate.
Neste sábado (7), autoridades haviam anunciado que a melhor janela para começar a operação de resgate seria em três ou quatro dias, apesar de chuvas. Para conseguir chegar até o fim do caminho, os meninos receberam aulas de mergulho e serão acompanhados, cada um, por dois mergulhadores, enquanto são gradualmente resgatados do local. Narongsak Osatanakorn, governador da província, afirmou que 13 mergulhadores estrangeiros e cinco locais participarão da operação de salvamento.
Dezenas de mergulhadores chegaram à caverna de Tham Luang na manhã de domingo, e as autoridades montaram lonas bloqueando a área de operação. Na noite desse sábado (7), jornalistas e familiares precisaram deixar a área ao redor da entrada da caverna e, segundo o jornal britânico The Guardian, a medida aconteceu para facilitar a operação de resgate.
Ainda segundo o The Guardian, uma chuva pesada aconteceu na manhã deste domingo. O tempo, entretanto, melhorou logo em seguida.  Os meninos, com idades entre 11 e 16 anos, e seu técnico, de 25 anos, ficaram presos no dia 23 de junho, quando foram visitar o local depois de um treino de futebol. Uma chuva forte começou e a água subiu no complexo de cavernas, bloqueando a saída. Com isso, acabaram presos em uma área remota, que só pode ser acessada por mergulhadores.
A Tailândia está entrando na temporada de chuvas das monções, que pode durar cerca de quatro meses. Inicialmente, chegou a se cogitar que os garotos esperassem dentro do local até que as monções chegassem ao fim.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia