Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 06 de julho de 2018.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

tailândia

Alterada em 06/07 às 08h21min

Mergulhador morre em preparativos de resgate em caverna na Tailândia

Folhapress
Morreu nesta sexta-feira (6) um mergulhador da equipe de resgate que tenta tirar um grupo de 12 meninos e um técnico de futebol de uma caverna inundada do norte da Tailândia, onde eles estão desde 23 de junho.
Segundo as autoridades tailandesas, o ex-militar Samarn Kunan, 38, ficou sem oxigênio enquanto instalava tanques do gás para uma possível retirada do time a nado, por volta da 1h local (15h de quinta-feira em Brasília).
Kunan havia levado um cilindro e voltava para a base. "Perdeu a consciência no caminho de volta, seu companheiro de mergulho tentou ajudá-lo e levá-lo", disse o chefe de comando da Marinha, Arpakorn Yookongkaew.
Outros socorristas tentaram reanimá-lo, sem sucesso. O corpo foi retirado no início da manhã e enviado a Roi Et, cidade natal do mergulhador. Não se sabe, porém, o quanto a morte afetou os planos da equipe de resgate.
O chefe da Marinha disse que continuará a missão. Questionado por repórteres sobre como crianças poderão deixar a caverna mergulhando se um mergulhador profissional e adulto morreu, afirmou: "Temos que tentar de tudo".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia