Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 25 de junho de 2018.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Imigração

Notícia da edição impressa de 25/06/2018. Alterada em 25/06 às 01h00min

Reunião define 'compartilhamento de encargos' da imigração entre países europeus

O premiê da Itália, Giuseppe Conte, afirmou que está "decididamente satisfeito" com o resultado da reunião sobre imigração entre 16 líderes europeus. O encontro, informal e convocado de última hora, ocorreu ontem em Bruxelas.
"Temos a direção certa para o atual debate", afirmou Conte no Twitter, ressaltando que o tema será retomado na cúpula de líderes da União Europeia, marcada para quinta-feira.
A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmou, na saída do encontro, que todos os 16 chefes de Estado presentes concordaram em "compartilhar os encargos da imigração". Além disso, a líder alemã disse ainda que os países em que os imigrantes aportam não devem tratar sozinhos do problema.
As duas afirmações vão em linha com o desejo do gabinete populista de Conte, que quer recrudescer a política com estrangeiros. A Itália e a Grécia são os países que mais recebem imigrantes na Europa por serem banhados pelo Mar Mediterrâneo, via de fuga de milhões de africanos e sírios.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia