Porto Alegre, quinta-feira, 13 de janeiro de 2022.
Porto Alegre,
quinta-feira, 13 de janeiro de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Clima

- Publicada em 12/01/2022 às 20h54min.

Estado terá umidade relativa do ar de deserto nesta quinta

Nos Campos de Cima da Serra, a temperatura poderá baixar de 10°C

Nos Campos de Cima da Serra, a temperatura poderá baixar de 10°C


ROBERTA FOFONKA/ESPECIAL/JC
Mais um dia escaldante com índices de umidade relativa do ar de deserto no Rio Grande do Sul. A atmosfera com perfil muito seco irá propiciar jornada de céu claro, ensolarada e com grande oscilação térmica no território gaúcho.
Mais um dia escaldante com índices de umidade relativa do ar de deserto no Rio Grande do Sul. A atmosfera com perfil muito seco irá propiciar jornada de céu claro, ensolarada e com grande oscilação térmica no território gaúcho.
Nos Campos de Cima da Serra, a temperatura poderá baixar de 10°C ao passo que a temperatura máxima poderá superar os 40°C no Oeste. Na faixa litorânea o sol predomina e faz calor com a presença constante do vento que alivia a sensação de abafamento. A MetSul adverte para o alto risco de incêndios devido ao ar extremamente seco e quente.
O tempo fica ensolarado, seco e com muito calor em Porto Alegre. O vento poderá aliviar o abafamento no fim da tarde. A temperatura poderá oscilar o redor dos 40°C entre a sexta e o domingo dependendo de como irá evoluir a nebulosidade e a instabilidade pela Capital e Região Metropolitana. São muitas informações em sites de internet de que Porto Alegre pode ter recorde de calor nesta semana. A MetSul Meteorologia diz categoricamente que não haverá recorde de máxima na capital gaúcha nesta semana, ou seja, até sábado (15/1).
A temperatura máxima oficial, medida no Jardim Botânico pelo Instituto Nacional de Meteorologia, sequer vai se aproximar do recorde de máxima da cidade que perdura por 79 anos. Qual o recorde? Muita gente pensa que o recorde de máxima da capital gaúcha é de 40,6ºC em 6 de fevereiro de 2014, mas a realidade é que ocorreu muito antes. A maior temperatura já observada oficialmente na cidade foi no que a MetSul considera ter sido o dia mais quente até hoje na história do Rio Grande do Sul porque recorde até hoje em várias cidades.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário